AJUDE A SUA LIBIDO!

A falta de libido ou desejo sexual afeta significativamente os casais. Quando um dos parceiros não sente desejo por sexo, desencadeiam-se problemas no relacionamento amoroso, pois o outro sente-se frustrado e pode pensar que ele é o causador.

Um estilo de vida sedentário, ingestão excessiva de bebidas alcoólicas, drogas e uso do cigarro também acarretam problemas na vida sexual, incluindo a diminuição do desejo, pois alteram o metabolismo hormonal.

Tanto homens como mulheres têm relatado aumento significativo na libido e desejo sexual, aumento de energia, vigor e sensação de bem-estar geral.

Além de estimular a produção de hormônios pelo organismo, a raiz também é muito nutritiva, repleta de vitaminas, esteróis de plantas, muitos minerais essenciais, aminoácidos e gorduras saudáveis.

Recentemente a planta ganhou publicidade mundial após alguns estudos apontarem que a erva pode aumentar a resistência do sexo masculino durante o ato sexual. A erva está ficando cada vez mais popular em todo o mundo, particularmente nos os EUA, Europa e Japão como um suplemento dietético para reforçar a vitalidade.

Pesquisadores concluíram que a planta não tem potencial de toxicidade, podendo considerar o seu uso em longo prazo como suplemento alimentar.

Grávidas também podem suplementar esta erva! Porém a indicação de uso é apenas durante o terceiro trimestre da gravidez. A Maca-Peruana mantém os níveis de progesterona alta e os hormônios em equilíbrio. A grande quantidade de sais minerais, aminoácidos e vitaminas na raiz também a tornam um suplemento pré-natal nutricional.

Pessoas com qualquer condição de doenças crônicas, doenças hepáticas (como insuficiência hepática, cirrose ou hepatite), doenças renais (como insuficiência renal) e alergias (alergias a alimentos, corantes e conservantes) devem utilizar a maca se não houver tais contra-indicações. A planta é encontrada para compra em forma de cápsulas (Maca cápsulas) ou em pó (Maca em Pó).

Logo, é importante avaliar as diversas possibilidades e então solucioná-las. Existem pesquisas que comprovam a eficácia de alguns alimentos que podem ajudar no tratamento de deficiências hormonais, sendo talvez a melhor alternativa natural para injetar hormônios externos no corpo.

Uma boa e nova opção é a maca peruana, uma planta medicinal que se assemelha a um nabo e cresce nas montanhas andinas do Peru. A raiz da planta é seca e utilizada em pó há mais de dois mil anos para combater a fadiga e agir como um estimulante sexual, apesar de que diretamente não age no sistema nervoso central. Não contém cafeína, como guaraná e café, por isso não afeta o sistema nervoso central.

Tanto homens como mulheres têm relatado aumento significativo na libido e desejo sexual, aumento de energia, vigor e sensação de bem-estar geral.

Além de estimular a produção de hormônios pelo organismo, a raiz também é muito nutritiva, repleta de vitaminas, esteróis de plantas, muitos minerais essenciais, aminoácidos e gorduras saudáveis.

Recentemente a planta ganhou publicidade mundial após alguns estudos apontarem que a erva pode aumentar a resistência do sexo masculino durante o ato sexual. A erva está ficando cada vez mais popular em todo o mundo, particularmente nos os EUA, Europa e Japão como um suplemento dietético para reforçar a vitalidade.

Pesquisadores concluíram que a planta não tem potencial de toxicidade, podendo considerar o seu uso em longo prazo como suplemento alimentar.

Grávidas também podem suplementar esta erva! Porém a indicação de uso é apenas durante o terceiro trimestre da gravidez. A Maca-Peruana mantém os níveis de progesterona alta e os hormônios em equilíbrio. A grande quantidade de sais minerais, aminoácidos e vitaminas na raiz também a tornam um suplemento pré-natal nutricional.

Pessoas com qualquer condição de doenças crônicas, doenças hepáticas (como insuficiência hepática, cirrose ou hepatite), doenças renais (como insuficiência renal) e alergias (alergias a alimentos, corantes e conservantes) devem utilizar a maca se não houver tais contra-indicações. A planta é encontrada para compra em forma de cápsulas (Maca cápsulas) ou em pó (Maca em Pó).

Juliana Castilho

Nutricionista Clinlife

CRN 4524

 

Saiba como derreter sua gorduras parado!

 

Você sabia que pode perder gorduras parado? Sim! É verdade! Isso é possível através de algo que se chama EPOC. Mas o que é isso? EPOC significa Excesso de Consumo de Oxigênio Após o Exercício. Quando realizamos os exercícios, nosso corpo precisa restabelecer o estado de equilíbrio (Homeostase) pois sofreu um “estresse” (danos teciduais, microlesões) e, durante essa recuperação, nosso organismo passará por vários efeitos no intuito de se restabelecer, e precisará de uma quantidade superior de oxigênio.

Sabe-se que o EPOC após a musculação pode variar de 36 a 48 horas, e que quanto maior a quantidade de músculos no corpo, maior será o gasto energético em repouso (repouso é qualquer atividade exceto o exercício). O EPOC dos exercícios aeróbicos contínuos de intensidade baixa duram em torno de 1 hora, enquanto os aeróbicos intervalados de alta intensidade duram em torno de 15 horas (sendo que a intensidade varia entre as pessoas, a isso se dá o nome de individualidade biológica).

Porém, os melhores resultados alcançados com relação à diminuição do percentual de gordura se dá através do treinamento concorrente, ou seja, a associação do exercício de força e os aeróbicos. Onde o exercício de força garantirá que seu metabolismo permaneça alto, que as articulações sejam preservadas, que a postura melhore, que os níveis de força e qualidade muscular aumentem ou melhorem, que lesões sejam tratadas e/ou prevenidas. Já os exercícios aeróbicos, melhorarão os marcadores bioquímicos (HDL e glicose por exemplo) e o desempenho do sistema cardiovascular (VO2 de Pico), ou seja, você terá mais resistência para tolerar os exercícios aeróbicos, seja em tempo, distância percorrida e intensidade além de melhorar sua saúde!

Portanto musculação e exercícios aeróbicos de alta intensidade favorecem o EPOC e a elevação do seu metabolismo. Com o metabolismo elevado, você mobilizará mais gorduras pois você necessitará de mais energia para realizar as mesmas atividades cotidianas e, vc começará a derreter suas gorduras parado. Isso não é fantástico? Gastar calorias durante os exercícios é maravilhoso e, muitas vezes sentimos que estamos emagrecendo enquanto realizamos os exercícios, mas, o principal benefício acontece durante sua recuperação. Se vc estiver inserido num programa alimentar adequado é nesse momento que vc realmente derreterá suas gorduras!!! 

Isabel Cristina

CREF 19.464 G/MG

Profissional de Educação Física Clinlife

Exercícios nas férias

Para quem tem filhos, mês de julho ou janeiro significa férias das crianças. E isso muitas vezes, se torna um empecilho, uma desculpa e ou uma maneira que você encontra para sair da sua rotina de exercícios e hábitos de vida saudáveis.

Muitas pessoas viajam ou precisam ficar em casa com as crianças e acham que essa rotina pode atrapalhar o treinamento. Não se preocupe! Segue abaixo algumas dicas de exercícios que você pode fazer em casa ou no local onde você vai hospedar durante sua viagem.

Simulação de Pular Corda

  • 2 minutos simulando que esta pulando corda com ‘saltitos’ (saltos bem pequenos) fazendo o movimento do braço como se estivesse pulando corda.
  • Marque no seu relógio 2 minutos fazendo esses movimentos
  • Após 1 minuto de descanso, repita isso mais 2 vezes.
  • Observação: Caso sinta algum desconforto na região da coluna, quadril, joelhos ou tornozelos, evite esse exercício.

Abdominal Reto

  • 15 à 25 repetições de abdominal reto para tonificar o seu abdômen.
  • Tente fazer o exercício em um colchonete (caso não tenha o colchonete, escolha uma superfície não muito macia, mas também, não muito dura). Mantendo a respiração constante.
  • Após 30 segundos de descanso, repita esse exercício mais 2 vezes.
  • Observação: Caso sinta algum desconforto na região do pescoço e ou lombar, evite fazer esse exercício.

Agachamento sentar e levantar

  • 15 à 20 repetições de agachamento em um banco ou cadeira bem estável (de preferência, apoie esse banco em uma parede). Encostando o glúteo (bumbum) na superfície e levantando.
  • Escolha um banco ou cadeira que seja até a altura de seus joelhos aproximadamente.
  • Repita 3 vezes as 15 a 20 repetições, com intervalo de 30 segundos de descanso.
  • Observação: Caso sinta algum desconforto na região da coluna, quadril, joelhos ou tornozelos, evite esse exercício.

Movimentação lateral

  • 2 minutos se movimentando lateralmente
  • Marque no seu relógio 2 minutos e faça a movimentação afastando e juntando os pés, movimentando lateralmente. Evite cruzar as pernas durante o movimento.
  • Tente manter um ritmo moderado para rápido.
  • Faça 3 vezes o movimento durante 2 minutos, com 1 minutos de descanso entre os exercícios.
  • Observação: Caso sinta algum desconforto na região da coluna, quadril, joelhos ou tornozelos, evite esse exercício.

Exercícios de subir escadas

  • 2 minutos subindo escadas
  • Se você mora em um prédio ou esta hospedado em algum, faça esse exercício.
  • Marque no seu relógio 2 minutos subindo escadas
  • Desça de elevador (de preferência) para evitar o impacto desse movimento.
  • Repita isso mais 2 vezes, após 1 minuto de descanso.
  • Observação: Caso sinta algum desconforto na região da coluna, quadril, joelhos ou tornozelos, evite esse exercício.

Além disso, tente aproveitar esses momentos da melhor maneira possível. Faça atividades que gastam bastante energia. Caminhe, nade, brinque, dance e se divirta. O importante é não ficar parado. Assim, você vai manter uma rotina de atividades físicas no seu cotidiano e vai incentivar sua família a manter hábitos de vida saudáveis.

Observações importantes

É importante que você faça um acompanhamento médico e veja se possui alguma patologia ou doença que impeça você de fazer exercícios físicos sem acompanhamento.  De preferência, além dos exames convencionais que verifica seu organismo esta bem, converse com o médico e peça também um teste ergométrico para saber como o seu corpo comporta durante o esforço físico. Faça exercício de forma segura e saudável!

Richardson Siqueira

Profissional de Educação Física Clinlife

CREF 01838-7

A esperança é do verbo esperançar não do verbo esperar

A confusão entre estes dois termos tem afetado muitas pessoas na atualidade, afinal se não temos em nossas vidas a esperanças e sonhos, tudo se torna mecânico, porém, se somente colocamos um monte de esperanças (do verbo esperar) em relação a coisas pelas quais não dedicamos o nosso empenho, sente-se uma angustia muito grande, afinal é como se não houvesse nada a ser feito para realizar as nossas metas.

É importante que tenhamos fé de que as coisas vão melhorar, de que as situações vão se ajeitar da melhor forma possível, porém, é necessário se recordar que neste barco chamado vida, cada um é capitão de sua embarcação e como tal devemos direcionar leme e velas para atingir o destino que se almeja.   Como dizia o poeta: “A regra básica é clara: o mais sábio é esperarmos de nós mesmos o que queremos, na certeza de que aquilo que fizermos por merecer estará ao nosso alcance.”

Para tornar realidade o sonho, é necessária dedicação e escolhas.  Muitas vezes as escolhas requerem abrir mão de prazeres imediatos, em prol de um objetivo maior e isso não é fácil. Mas é necessário lembrar que tudo na vida são escolhas, e que cada escolha requer uma renúncia.  As escolhas são baseadas nas prioridades que cada pessoa tem em sua vida.

O retorno de é mais provável é aquele que advêm de suas lutas, pelas horas de sono e de diversão de que abriu não, dedicando-se com força de vontade e determinação extrema. Colhe-se os louros das conquistas nas quais investi-se  tempo, porque colocamos verdade nessa busca. Portanto não fique sentado no sofá aguardando que as chances de sua vida tocarão a campainha de sua porta.

A gratidão e reconhecimento das pessoas não é algo a ser pedido. Mas não perca tempo esperando retorno de quem sempre pede mais do que você pode ofertar, de quem suga suas forças, exigindo sua atenção integral, como se ele fosse o centro do mundo, do universo. Esses não enxergam nada além do próprio umbigo e jamais serão capazes de olhar além dos limites do próprio egoísmo.

Sem que reservemos um bocado de nossas vidas a esperanças e sonhos, tudo se tornará meramente mecânico, furtando-nos o prazer mágico das agradáveis surpresas que enriquecem o nosso caminhar. Apesar disso, ficar só enchendo-se de esperanças em relação a coisas pelas quais não lutamos e a pessoas vazias de retorno afetivo nos impedirá o fortalecimento de nosso amanhecer renovado na fé e no amor que nos alimentarão o seguir adiante, sempre e incansavelmente.

Emagrecimento e atitude: será que existe algo melhor?

Quando decidimos que vamos ou queremos emagrecer, algo muito importante precisa ser iniciado: a conscientização da mudança no estilo de vida, que temos ou o que iremos ter que fazer com nosso corpo.

 

É necessário que tenhamos em mente o resultado que queremos e como será a trajetória para alcançamos este objetivo. Portanto devemos começar com o ato de nos desafiar que é muito importante, para que possamos sair da  zona de conforto.

 

Pois fazendo sempre as mesmas coisas e seguindo uma rotina pré-determinada, pode nos oferecer bastante estabilidade, mas colabora para que o nosso cérebro se torne preguiçoso.

 

Frases como: “não tenho força de vontadeeu não consigoeu preciso comer algoeu tenho uma vida social muito ativa”… São todas armadilhas que nós colocamos para sabotar o nosso desejo.

 

Portanto, todas as vezes que fazemos ou nos permitimos ter estas justificativas estamos nos colocando como vítima do nosso próprio corpo, pois quando estamos com o peso que não queremos achamos que é muito difícil conseguir perder, emagrecer ou se alimentar em certas ocasiões.

 

Principalmente em algumas estações como no inverno, quando o friozinho nos faz comer mais, as festas juninas estão em alta, férias, e por aí vai…

 

Voltamos nas mesmas desculpas que nos mantém num círculo vicioso, mas podemos e só vamos mudar isto, se nos permitirmos entender que nós, ou seja, VOCÊ é o único dono das suas atitudes.

 

VOCÊ escolhe o que quer pensar e como agir. É preciso controlar os gatilhos que levam a ansiedade variando os grupos alimentares, abandonando o sedentarismo e procurando outros prazeres além da comida.

 

Mas a busca não se deve vir através de novos métodos que facilitem o emagrecimento ou a permissão para o consumo liberal, pois isto só vai mostrar que não existe uma dieta ideal, o remédio milagroso ou a técnica perfeita. 

 

emagrecimento precisa ir além e contemplar a história clínica, as preferências alimentares,  a prática de exercício, as questões psicoemocionais, dentre outras.

 

Pois a grande questão é se encontrar em uma alimentação coerente e saudável, em atividade que propicie prazer e uma boa perda de peso e a sua manutenção. É ter disciplina, foco, constância, regularidade são as palavras chaves quando pensamos em perda, manutenção ou controle de peso e ter a certeza que não existe nenhuma pílula mágica.

 

 

Alcimara Macieira

Nutricionista – Equipe Clinlife

CRN9-4284

 

Só contar calorias emagrece? Conheça um pouco mais sobre elas

 

  • Caloria é a quantidade de energia que cada alimento possui, e que será utilizada pelo corpo para todas as funções como digestão, respiração, prática de exercícios…

  • Todos os alimentos possuem calorias, mas em diferentes quantidades.

  • As calorias só começam a pesar na balança se você comer mais do que seu corpo precisa.

  • O problema é que hoje em dia os alimentos da modernidade (chocolate, pizzas, sanduíches, massas, refrigerantes, etc.) são uma “máquina para fazer engordar”, ou seja, mesmo comendo pequenas quantidades você ingere muitas calorias. Isso porque esses alimentos contêm em excesso nutrientes nocivos, como açúcar, gorduras hidrogenadas, farinha branca que são ricos em calorias. Além disso, são pobres em nutrientes saudáveis como as vitaminas, minerais e fibras. Esses alimentos são conhecidos como calorias vazias.

  • Talvez você não saiba, mas as vitaminas e minerais são indispensáveis no emagrecimento, ou seja, sem eles há mais dificuldade em baixar os ponteiros da balança. Um bom exemplo é o mineral magnésio. Você sabia que esse mineral ajuda no controle do desejo de carboidratos (pois ajuda na síntese de triptofano), reduz inchaço, estresse e melhora a disposição física? E que o consumo excessivo de açúcar refinado e alimentos industrializados tende a reduzir os níveis de magnésio no sangue?

  • Por isso não basta basear na tabela de calorias para conseguir emagrecer. Para um emagrecimento com sucesso é fundamental reduzir calorias, priorizando alimentos nutritivos.

 

“Podemos comparar nosso organismo a um carro. Onde os órgãos são o motor e as calorias a gasolina.

Sabemos que para o carro funcionar não precisa apenas de gasolina. É necessário óleo e água, por exemplo, só assim o motor poderá desempenhar sua função.

Nosso corpo é semelhante, não adianta só dar calorias, é

necessário nutrientes também!”

 

Portanto, se seu objetivo é emagrecer reduza as calorias e selecione alimentos adequados, ou seja, que contenham nutrientes necessários para o máximo desempenho do seu organismo.


Juliana Castilho

Nutricionista Clinlife

CRN 4524

COMO VAI SEU ABDÔMEN?

Quase 100% das pessoas relatam que a parte do corpo que mais as incomodam é a famosa barriga. Porém a maioria delas não se atina que essa preocupação deve ir além da estética, pois existem várias preocupações associadas à saúde relacionadas ao aumento da região abdominal.

Algumas das doenças associadas a esse aumento são a diabetes do tipo II, hipertensão e cardiopatias. Para mensurar o grau de risco é utilizada a medida da circunferência abdominal sendo considerado risco aumentado para essas doenças valores igual ou superior a 94 cm para homens e 80 cm para mulheres.

A diminuição desses valores está associada à mudança de estilo de vida:

- Dieta: fundamental para a diminuição da gordura corporal, mas não existe para perda de gordura localizada.

- Controle hormonal: principalmente do cortisol que está associado ao acumulo de gordura da região abdominal.

- Exercício Físico: fortalecimento e gasto calórico, não existem também para perda de gordura localizada.

Enfim, se a busca persistir apenas para uma barriga “chapada” teremos benefícios para qualidade de vida e saúde geral, devido inicialmente a uma preocupação estética.

Natália Francisca Louredo

Profissional de Educação Física

CREF 026778-G/MG

A vida é feita de instantes e incertezas

No dia a dia não ficamos pensando na incerteza que é nossa a existência humana, pois afinal seria muito angustiante para qualquer um. Mas a grande realidade é que não sabemos ao certo o que virá na hora seguinte, no dia seguinte, na próxima estação, no findar do ano entre outras coisas.

 Apesar de tentarmos imaginar como será o registro da próxima linha de nossa história de vida e escolhermos letras e formas, não está tudo em nossas mãos. A vida não nos oferece certezas de espécie alguma, o garantido é apenas o momento que vivemos.

É preciso aprender a ajustar as velas para navegar nas ondas do mar da existência respeitando a força dos ventos, tempestades e turbulências, mas, além disso, admirar os dias de céu claro e maré mansa.

O respeito e prudência diante das viradas de página e fechamento de ciclos são indispensáveis, assim como os olhos atentos para contemplas os melhores momentos.

Quando eventos desagradáveis nos acontecem de forma abruta em um dia comum, percebemos que nada nos pertence nem está sob nosso controle.

A vida é feita instantes e incertezas. De flores que nos provam a poesia da natureza e orações ao raiar do dia. De beijos de boa noite e a lembrança de alguém que se foi. De cheiro de carinho de mãe, e dia começando com gosto de café da manhã. De crenças e descrenças. De intempéries e esperança. De finais e recomeços.

Ao recomeçarmos a nossa história, mesmo que tentemos fazer tudo igualzinho, os recomeços sempre são distintos, diferentes, e nem por isso piores.

O problema é que nos apegamos ao que vivemos (sendo bom ou ruim) e queremos perpetuar aquilo que já nos habituamos a viver o novo nem sempre é visto como bem vindo.

Mas com o tempo as coisas se findam, e mesmo que fique a saudade, agora outras vivências estão por vir.

E quando essa constatação é feita, torna-se necessária, sabedoria para aceitar o novo tempo, as novas oportunidades, os novos horizontes, os novos ares.

A tristeza que muitas vezes precede o final de cada ciclo pode ser amenizada pela percepção da oportunidade no inicio do  novo ciclo.

É necessário que a fé e a coragem sejam permanentes, para que possamos navegar no mar da vida, manejando velas e leme para alterar nossa rota quantas vezes forem necessárias.

Que possamos ver o novo com olhares de esperança. Mas não um olhar que espera que as coisas aconteçam, mas sim, como olhos que sabem que apesar das incertezas, escolhem serem autores de sua história apesar das contingências externas.

Temos uma grande responsabilidade com nossas crianças, pois devemos educá-las para navegarem neste mar com olhos atentos que possam perceber a delicadeza e a beleza de cada instante. Afinal como diria o poeta o que se leva desta vida é o que se vive!

Thais Martins Santos

Psicologa da Clinlife

CRP 04 24 638

Como o exercício pode contribuir para a consolidação do peso ideal

Quando iniciamos um programa de treinamento as queixas são muito parecidas: quero emagrecer, quero perder a barriguinha, quero diminuir meu percentual de gordura, etc. Mas… Por quê não conseguimos chegar no nosso peso e percentual de gordura ideal e estacionar? Por que é tão difícil manter os resultados? Por que de repente simplesmente paramos de emagrecer? Uma das possíveis explicações está na Teoria do SET POINT.

O processo de emagrecimento teoricamente é bem simples: balanço calórico negativo, ou seja, gastar mais energia do que ingere. Mas então por que durante o processo de emagrecimento a pessoa simplesmente estagna? De acordo com a teoria do set-point, o corpo possui uma espécie de “auto-regulação” para a massa corporal diferente daquela que a pessoa gostaria de ter. A teoria argumenta que cada pessoa tem um mecanismo interno de controle – provavelmente localizado no hipotálamo – fazendo com que o corpo mantenha-se num determinado nível de gordura corporal.  Essa teoria afirma que ao diminuir a quantidade de calorias gastas por dia, inicialmente ocorre a perda de peso, entretanto, o organismo adapta-se a esta nova condição e , diminui o gasto calórico também, dificultando ou paralisando a perda de peso. O resultado disso é o que conhecemos como “efeito sanfona”. Para aqueles que desejam adquirir um visual novo e não querem viver se restringindo a vida toda, a opção a longo prazo mais saudável de perder gordura é com a redução de ingestão calórica de forma equilibrada e a prática FREQUENTE de exercícios físicos.

Quando falta-se energia no organismo, ele precisa retirá-la de algum lugar, e é assim que o indivíduo emagrece. Boa parte dessa energia obtida é retirada dos depósitos de gordura, entretanto, o organismo não utilizará apenas as gorduras, como também as proteínas. Os indivíduos que passam a fazer uma boa dieta supervisionada e também exercícios físicos orientados conseguem evitar que a perda proteica, ganham massa muscular, e reduzem os depósitos de gordura, através do aumento do metabolismo basal mesmo realizando uma dieta hipocalórica. Dessa forma se consegue o ideal, fortalecer o organismo e provocar a perda de gordura, de maneira consolidada e sem grandes sacrifícios iniciais que posteriormente não se consegue manter.

Embora muitas pessoas desejem, não existem fórmulas mágicas para o emagrecimento. O peso corporal sonhado é o resultado da combinação de uma dieta hipocalórica balanceada e atividades físicas REGULARES em níveis ideais, sendo que indivíduos que sempre estiveram acima do peso, necessitam de um programa de atividade física e dieta controlada por toda a vida, justamente para não deixar que o setpoint aja e a pessoa retorne a obesidade ou sobrepeso.

Isabel Cristina

Profissional de Educação Física Clinlife

CREF.: MG 19.464

Você tem bons resultados durante toda semana?

Durante a semana, para obter um balanço calórico negativo (ou seja, para emagrecer/perder peso), precisamos manter uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis. Exercícios físicos planejados, bem orientados e uma alimentação equilibrada, por exemplo, podem influenciar a perda de peso ou alterar sua composição corporal. Se fizermos isso, teremos ótimos resultados.

De segunda a sexta, várias pessoas conseguem manter essa rotina, mas e nos finais de semana? Algumas pessoas, consideram o final de semana sábado e domingo, outras veem a sexta feira (pelo menos a noite) como final de semana. Durante esses dias, temos diversas atividades que contribuem para sairmos da ‘dieta’ ou do controle alimentar. Almoços nas casas de amigos ou parentes, happy hour com os colegas, festinhas, baladas, são várias as tentações. Isso faz com que nossa alimentação fique bem prejudicada. Além disso, na maioria das vezes, ficamos sem gastar muita energia (deitados, assistindo televisão,utilizando mais o computador, celular em redes sociais, Whatsapp, youtube, etc). Será que isso influencia os nossos resultados no começo da próxima semana?

As atividades que fizermos nos finais de semana podem influenciar negativamente ou positivamente o seu peso ou composição corporal. Hábitos de vida saudáveis nos finais de semana fazem uma diferença significativa nos seus resultados. Procure sempre fazer nos seus finais de semana atividades ao ‘ar livre’. Pratique esportes, passeie em parques, faça caminhadas com os amigos ou familiares, experimente novos hobbies que contribuam gasto energético um pouco maior. Tudo isso vai influenciar bastante em seus resultados a curto, médio e longo prazo. Além de melhorar sua saúde você vai contribuir/influenciar seus amigos e parentes a ter hábitos de vida saudáveis.

 

 

Richardson Siqueira

Profissional de Educação Física Clinlife

CREF 01838-7