maio 2012

Dança Solta – dance, curta, se solte e perca calorias!

Dança Solta – dance, curta, se solte e perca calorias!

Você já chegou um dia em casa, cansado do trabalho, do trânsito ou daquela reunião que não acaba mais e teve vontade de arrumar uma maneira de extravasar? Agora você pode fazer isso com atitudes bem simples. Basta arredar o sofá da sala, colocar aquela música animada do seu cantor preferido, mas tem que ser alto, tirar os sapatos e SE SOLTAR. Com esse intuito de se soltar surgiu a DANÇA SOLTA. Essa nova modalidade que tem atraído pessoas de diferentes idades, sexo, classe social Continue lendo

Peixe e saúde cerebral

Peixe e saúde cerebral

A doença de Alzheimer (DA) é uma afecção neurodegenerativa progressiva e irreversível que acarreta a perda da memória e diversos distúrbios cognitivos. Estima-se que 5% da população com idade em torno de 65 anos é afetada pela doença. À medida que a expectativa de vida torna-se mais elevada, tem-se observado um aumento da prevalência do Alzheimer e muitos estudos sugerem que quase metade da população com 85 anos apresenta sintomas relacionados à doença. A causa específica desta doença ainda é desconhecida. No entanto, atualmente, um Continue lendo

Atividade física no frio!

Atividade física no frio!

Independente da estação do ano, o nosso corpo utiliza mecanismos próprios para manter o equilíbrio de sua temperatura central em torno de 37 º C. Esses mecanismos são ativados por sensores localizados na pele que mandam informações sobre a temperatura ambiente e corporal para o hipotálamo (estrutura do sistema nervoso central localizado na região do encéfalo) e o mesmo, ativa os mecanismos de “defesa” do organismo para que haja reajuste da temperatura. Em dias quentes e úmidos em que o ganho de calor corporal é Continue lendo

Comer à noite contribui para a obesidade

Comer à noite contribui para a obesidade

Estudo sugere que o hábito de comer à noite pode interromper alguns ciclos metabólicos e, com isso, trazer alguns quilos a mais. Todo mundo sabe que comer alimentos gordurosos é o caminho principal para o ganho de quilinhos indesejáveis, mas uma nova pesquisa sugere que a hora em que os ingerimos pode ter um peso fundamental nessa conta. Alimentar-se durante a noite pode ser uma péssima idéia para quem quer entrar em forma. As informações são do jornal britânico Daily Mail. O alerta veio após Continue lendo

O Gordo “EMAGRECIDO”: A Manutenção

O Gordo “EMAGRECIDO”: A Manutenção

Após tentativas, dietas, tratamentos você conseguiu: ao atingir o peso desejado você agora é magro(a)! Infelizmente não é bem assim. A pessoa que foi gorda ou obesa irá manter de maneira latente, a tal “tendência de engordar”. Por isso é um “gordo emagrecido”. Está magro, mas NÃO É MAGRO. E só estará magro enquanto se mantiver em tratamento. Jamais poderá comer como antes ou voltará a engordar. É duro? É duro! Mas é a realidade. E não para aí. A grande maioria das pessoas que Continue lendo

Cenoura: campeã de vitamina A e do exercício de mastigação

Cenoura: campeã de vitamina A e do exercício de mastigação

Na sabedoria popular, a cenoura faz bem para a visão e para a pele. Mas realmente ela traz muitos outros benefícios e é uma poderosa fonte de saúde. A cenoura é uma das hortaliças mais consumidas pela população brasileira. Estima-se que o consumo domiciliar esteja em torno de quase dois quilos por pessoa, por ano. À sua frente, no volume de consumo, ficam apenas o tomate, a batata e a alface. A cenoura, espécie Daucus carota L., pertence à família Apiaceae, assim como o coentro, Continue lendo

Exercício físico e Você

Exercício físico e Você

O exercício físico feito regularmente é uma forma de prevenção contra várias doenças cardiovasculares, aumenta a oxigenação dos tecidos, diminui o peso, favorece a mudança de dieta, pode auxiliar na mudança de hábito para deixar o fumo, controla os níveis pressóricos em alguns tipos de hipertensão arterial e regula o colesterol, elevando a fração HDL. O exercício físico como fator de proteção dos fatores de risco, deve ser dinâmico e envolver grandes grupos musculares, como caminhar, correr, andar de bicicleta, nadar e outros, porém, em Continue lendo

Ioga

Ioga

Desde tempos imemoriais os seres humanos vivem em constante busca por conhecimento. Compreender os segredos da vida é algo natural que ocupa o intelecto humano e o faz agir de maneira que melhor se adapte às condições de vida que o planeta Terra oferece. Essa busca permeia tanto nas causas e efeitos da matéria, para formulação de ciências e construção de máquinas; quanto nos poderes da mente transcendental, capaz de levar o homem a um estado de hiperconsciência que proporciona saúde corporal e iluminação espiritual Continue lendo

Por que é tão difícil manter a dieta no jantar?

Por que é tão difícil manter a dieta no jantar?

Fazer dieta ou comer menos até as 16h é fácil. Café da manhã balanceado, só grelhado e saladinha no almoço e uma fruta no meio da tarde. Tudo indo bem. Mas a coisa fica feia no final do dia, o mau humor aparece e dá vontade de atacar qualquer bolachinha que alguém ofereça. E ai vem todo aquele discurso que damos a nós mesmos, como nos convencer que essa privação nem vale a pena, ou que depois recomeçamos o regime e por ai vai. A verdade Continue lendo

Elementos compõem o processo de emagrecimento

Elementos compõem o processo de emagrecimento

Emagrecimento pressupõe mudança de hábitos, de comportamento. Mais que perder peso, emagrecer é mudar a cabeça para, conseqüentemente, mudar peso. Mudanças mobilizam ansiedade, incerteza, medo do desconhecido. A própria natureza do comportamento alimentar inadequado, que leva à comida, é complexa. Muitas vezes é ligado a sentimentos de culpa, ansiedade, angustia, raiva, preocupação, depressão, stress, obsessões, insônia, ciúmes. Problemas afetivos, sexuais, de relacionamento, conjugais, desajuste familiar, podem ter na comida um “remédio” indevido, sem que a pessoa se dê conta. A abordagem médico/nutricional trabalha o lado Continue lendo

Somente o necessário: Excessos costumam ser mais prejudiciais que as faltas

Somente o necessário: Excessos costumam ser mais prejudiciais que as faltas

Embora as pessoas reclamem com imensa freqüência daquilo que não possuem, existe outra questão que merece toda a nossa atenção: aquilo que possuímos em excesso. Aliás, os excessos costumam ser mais prejudiciais que as faltas, mas demoram mais para serem percebidos. As faltas nós notamos imediatamente, os excessos só quando despertam a nossa consciência. “Comemos em excesso (observe você mesmo), trabalhamos em excesso (anda cansado, não é?), guardamos coisas em excesso (dê uma olhada em suas gavetas), nos importamos em excesso com a opinião dos Continue lendo