março 2016

Relaxar pode ser terapêutico

Relaxar pode ser terapêutico

Nos últimos tempos vários autores, tem validado a utilidade da indicação do relaxamento na terapêutica de uma série de doenças psicológicas e somáticas. Entende-se que por  “resposta de relaxamento” o que está nomeando  um estado  psicofisiológico de hipoexcitação que pode ser produzido por uma série de técnicas tais como meditação, hipnose, respiração profunda, biofeedback, relaxamento muscular, música etc.  Por anos tem se utilizado com bastante sucesso o relaxamento, físico e mental, como um procedimento coadjuvante no tratamento do stress excessivo e de suas consequências.   Uma Continue lendo

NEM TODA ATIVIDADE FÍSICA É EXERCÍCIO FÍSICO

NEM TODA ATIVIDADE FÍSICA É EXERCÍCIO FÍSICO

Hoje em dia muito tem se falado de atividade física, tanto para saúde quanto para qualidade de vida, mas você realmente compreende o que é atividade física? O movimento é natural ao homem. No dia a dia andamos, subimos escadas, sentamos, agachamos, movimentamos braços e pernas… Todo e qualquer movimento humano é chamado de atividade física, portanto somos totalmente dependentes dela e devemos entendê-la para avaliar sua necessidade. Portanto, ao praticar muitas das suas atividades cotidianas como ir a pé até a padaria, participar de Continue lendo

Índice Glicêmico! O que é e qual a vantagem de alimentos de baixo índice glicêmico

Índice Glicêmico! O que é e qual a vantagem de alimentos de baixo índice glicêmico

O índice glicêmico (IG) é a capacidade que um alimento tem em aumentar a quantidade de açúcar no sangue (glicemia), após sua ingestão, medido pela quantidade fixa da ingestão de 50g de carboidrato deste alimento. Sempre que ingerimos carboidratos, esses entram na corrente sanguínea com diferentes velocidades, aqueles que entram mais rápido são classificados como os de maior índice glicêmico, e os que demoram mais tempo são os que chamamos de menor índice glicêmico. Um dos fatores que interferem no valor do índice glicêmico de Continue lendo

Pra que, porque e o que comer: ESCOLHAS ALIMENTARES

Pra que, porque e o que comer: ESCOLHAS ALIMENTARES

   Atualmente as preocupações acerca das escolhas alimentares vêm se tornando um dos efeitos adversos para a saúde, pois é através dela que somos não somente o que comemos, mas também como comemos e por que comemos.  Sendo considerado um processo complexo que envolve o meio-ambiente, a história individual e a personalidade de cada individuo refletida em valores pessoais. Faz com que o homem crie uma expectativa em relação à alimentação como supressor de suas emoções e sentimentos. O ato da escolha alimentar, como qualquer Continue lendo

Você sofre de “complexo de inferioridade”?

Você sofre de “complexo de inferioridade”?

Você  é o tipo de pessoa que vive se comparando com outras? Nem sempre a comparação é algo ruim. Ela pode nos incentivar a buscar, nos motivar a querer sermos melhores. O patológico é quando isso se torna obsessão e nunca estamos satisfeitos. Sempre alguém terá mais que a gente ou, por qualquer motivo, sempre consideramos as pessoas no geral mais felizes que nós, mais bonitos, mais capacitados… Assim entramos no perigoso “complexo de inferioridade”. Essa denominação foi criada pelo médico psiquiatra Alfred Adler, para Continue lendo

Dicas para ir as compras e não exagerar

Dicas para ir as compras e não exagerar

  Muitas vezes as pessoas não dão importância para esse momento fundamental para manter o foco na alimentação saudável. A regra é simples: só armazene na dispensa do armário alimentos que você possa consumir sem prejudicar sua saúde e isso começa lá na hora das compras! Vamos às dicas: Faça uma lista daquilo que realmente necessita, deixando o “supérfluo” de lado. Escolha um dia e horário mais tranqüilo para ir às compras, o ideal é ir às compras sem pressão com horários; Não vá às Continue lendo