Academias misturam técnicas e levam novidades para a malhação

Exercício com trapézio da aula de Jukari, criada em parceria com o Cirque du Soleil

Aquele papo de parar de se exercitar por ficar enjoado da atividade física que você praticava ficou para trás! Atualmente só fica parado quem quer! A cada início de ano surgem novas modalidades para todos os gostos nas academias. Conheça algumas e não fique parado!

Acqua Tramp

Camas elásticas são colocadas no fundo da piscina, para uma sessão de exercícios aeróbicos, especialmente saltos, de alto gasto calórico e pouco impacto nas articulações. Por causa da resistência da água, os saltos demandam mais força muscular no movimento ascendente e os músculos abdominais são mais requisitados. A aula, de 45 minutos, começa com uma breve sessão de aquecimento e lubrificação das articulações, seguida por uma sequência dinâmica de exercícios de alta intensidade e termina com alguns minutos de relaxamento na piscina.

Ballast Ball
Uma bola que mede entre 55 e 75 cm, parecida com as das aulas de pilates e alongamento, e elásticos para ginástica são usados para a realização de exercícios de força. A novidade é que a bola é “recheada” com material granulado, o que lhe dá peso e estabilidade. Junto com o elástico, substitui os tradicionais aparelhos de musculação. Assim, o peso do próprio corpo também é usado como resistência e, junto com o trabalho muscular, o equilíbrio e a coordenação motora são desenvolvidos. Os exercícios são dinâmicos, propiciando trabalho aeróbico e maior perda calórica.

Mixed Martial Arts
Conhecida por MMA, sigla em inglês para artes marciais, a modalidade é um esporte competitivo, praticado inclusive profissionalmente. Na academia, para amadores, a técnica é adaptada para exercitar força, concentração, agilidade, coordenação motora e promover alto gasto calórico. Os movimentos são baseados em lutas como muay tay (o “boxe” tailandês) e jiu-jitsu.

Suspension.comp
Aula baseada nos movimentos em suspensão, utiliza fitas resistentes fixadas no teto da sala para exercícios de força que utilizam o peso do próprio corpo para trabalhar todos os grupos musculares. O treino também inclui exercícios com corda e tiros de corrida, para aumentar o condicionamento físico e a capacidade aeróbica. A variedade de movimentos baseados em exercícios funcionais contribui para aumentar o desempenho em outras atividades físicas e esportes.

Jukari
É um treino desenvolvido por uma parceria da Reebok com o Cirque du Soleil, com aparelhos adaptados para movimentos em suspensão, semelhantes aos do circo. O trapézio adaptado tem comprimento ajustável e, preso ao teto por meio de uma polia, gira 360 º. Isso possibilita a realização de uma enorme gama de movimentos, que envolvem os vários grupos musculares ao mesmo tempo. Os trapézios proporcionam a sensação de voar durante o treino. Também permitem combinar fortalecimento muscular, alongamento e alto gasto energético.

Nado sincronizado
Movimentos de balé e natação são ensinados nessa aula para crianças (a partir dos 5 anos) e adolescentes. A aula começa com alongamento e exercícios de solo. Na piscina, são trabalhados os quatro estilos de natação, as posições básicas do nado sincronizado e coreografias na água.

Hopping
Usando calçados especiais, desenvolvidos na Suíça, a aula combina movimentos coreografados e corrida. Os calçados, chamados Kangoo Jumps, têm um sistema exclusivo de amortecedores de borracha que, segundo o fabricante, diminuem em até 80% do impacto das atividades físicas, protegendo as articulações.

Oficina de habilidades
Aulas com atividades psicomotoras para crianças. Além de um “circuito psicomotor” voltado para cada faixa etária e brincadeiras específicas para desenvolver a coordenação motora, o programa inclui oficinas de artes plásticas e musicalização. O objetivo é desenvolver as habilidades para a prática de diferentes atividades e esportes.

Adaptado

Fonte: Folha de São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *