Ano que vem Promete !!

O ano já está no fim e aí você já cumpriu todas as promessas que fez para 2014? Para muitos, esta pergunta é sinal de decepção; para outros, de estímulo para colocar em prática no próximo ano tudo que neste não pôde ser cumprido; e para poucos, sinal de afirmação e sucesso por terem feito tudo que se propuseram.

É tradição estabelecermos a virada do ano como um marco em nossas vidas. Com o fim de um ano e início de outro, é comum pensarmos que ali se inicia uma nova etapa, como se algo mágico fosse acontecer e, de repente, todos os nossos sonhos fossem se realizar. E aí, fazemos uma lista de promessas, muitas delas impraticáveis por não serem possíveis de se cumprir em apenas 12 meses, como ficar rico; ou mesmo que não dependem exclusivamente de nossa vontade, como encontrar o amor de nossa vida; ou até aquelas que não possuímos a motivação necessária para levarmos até o fim, como fazer atividade física e emagrecer. Quantas vezes já não nos pegamos fazendo as mesmas coisas ano após ano, renovando nossas esperanças de que dessa vez será diferente?

A verdade é que levados pela emoção do momento, pela festa que se faz em torno da virada de ano, acabamos sendo pouco realistas no que nos propomos. Inicia-se bem o ano, com o “pé direito” como dizem, mas com metas tão difíceis de alcançar, a motivação dura pouco tempo, e antes do meio do caminho desistimos.

Se você pretende mudar algo em sua vida, primeiramente, não espera até o ano que vem, comece agora. Ok, agora não é possível, pois precisa se planejar, ano que vem é o ideal, pois consigo rearranjar minha rotina de forma a me favorecer. Então, planeje com carinho, como o fará.

– Comece por estabelecer objetivos a curto prazo; 12 meses é muito tempo, e com freqüência nos perdemos, é tempo demais para esperarmos algo acontecer. Então, se for fazer dieta, estabeleça metas por semana, ou por mês, o que nos leva ao passo seguinte;

– Já que são metas por semana, vamos adequá-las de acordo, estabeleça metas pequenas e possíveis de serem alcançadas nesse período, metas reais.

– Não prometa algo que não depende exclusivamente do seu esforço e dedicação;

– Conte com a ajuda de um amigo ou profissional para orientá-lo;

– Faça uma lista de benefícios que atingir aquela meta trará para a sua vida e anda sempre com essa lista com você, ela será seu ponto de apoio em momentos que pensar em desistir;

Enfim, é possível alcançar um objetivo, mas tudo é um processo, e exige persistência, paciência, autoestima e, principalmente, autoconhecimento. À medida que sabemos nossos sonhos e limites, conseguimos chegar onde quisermos.

Iana Pechir

Psicóloga Clinlife

CRP: 04/35355

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *