Assumindo a responsabilidade

Ter atitude é assumir a responsabilidade pela própria vida, pelo próprio sucesso. Quando você deixa de atribuir a algo ou a alguém a responsabilidade pelo modo como se sente, está tomando posse do seu poder pessoal. A atitude faz com que você se mantenha como sujeito da ação em vez de apenas reagir às circunstâncias externas.

Alguém com atitude não espera que outra pessoa corresponda às suas expectativas, nem coloca a responsabilidade sobre seu bem-estar nas mãos de quem quer que seja.

Isso significa exercer a capacidade de escolha diante dos acontecimentos, bem como a de decidir que decisão tomar diante de qualquer cenário. Implica fazer opções com base na sua verdade, sem deixar que alguém ou algum fato dirija seu comportamento.

O que determina se alguém tem ou não atitude e poder pessoal não é algo que possa ser conferido por outra pessoa.

Se você não olhar para dentro e descobrir quem é, verdadeiramente, quais são seus valores fundamentais, suas verdades, encarando seus medos e suas limitações, tendo coragem, você poderá passar o resto da vida a reboque do que acontecer com você.

Atitude!

Não adie suas decisões……….Comece algo e termine
Confie em você mesmo……….Valorize o que realmente importa
Tenha grandes planos………….Agradeça sempre
Ame se muito……………………Não tenha medo de fracassar
Seja disciplinado………………..Persista, persista, persista

Se responsabilize. Coragem! Tenha Atitude!

“Os sonhos determinam o que você quer. A ação determina o que você conquista”. (Anônimo)


Fonte: http://sucesso.powerminas.com (adaptado)

Related posts:

  1. O autoconhecimento é fundamental

Um comentário

  1. Publicado em 27 de fevereiro de 2011 às 10:46 PM | Permalink

    Acredito que esse texto tenha tudo a ver com qualidade de vida. Ter uma boa vida não é ter dinheiro, fama, sucesso, uma boa carreira, uma família, etc. Isso tudo de nada adianta se a pessoa não estiver bem consigo mesma. Como naquele livro “Comer, Rezar, Amar” que a jornalista Liz Gilbert deixa bem claro que, para os outros, a vida dela era perfeita, mas para ela aquilo não servia. Nós nos acostumamos com as situações e com a forma que a vida é, pensando que o comum é o certo. Para alguns é, para outros não. Cabe a cada um descobrir o que faz feliz e correr atrás disso sem medo.

Envie um comentário

Seu email não será divulgado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*


7 − 6 =