Atenção para o consumo de sal !

As recomendações médicas estão mais restritas para o consumo de sal. As novas diretrizes das sociedades brasileiras de cardiologia, nefrologia e hipertensão preconizam o consumo de no máximo 5 gramas de sal por dia!

O sal é um mineral com o maior número de funções no organismo, mas, para que todas as funções sejam realizadas com excelência, bastam apenas 1,2 gramas de sal por dia, o equivalente a 1,5 pães de sal. Muito pouco para o padrão brasileiro que consome em média 12 gramas de sal!

O excesso de sal, depois da genética, é o fator de maior influência para a pressão alta. Este mineral, além de ter ação vasoconstritora, aumenta o volume de sangue circulante pelas artérias, agredindo as paredes dos vasos. A lesão, por sua vez, facilita o depósito de gorduras e reduz a síntese de substâncias vasodilatadoras. Com isso, as artérias enrijecem e têm seu calibre diminuído. A pressão arterial então sobe!

Se os Brasileiros diminuíssem o consumo de sal de 12 gramas (quantidade média diária consumida) para 5 gramas (quantidade média diária preconizada), teria uma redução de 10% na pressão arterial, 15% de mortes por derrame, 10% nos óbitos por infarto e 1,5 milhão de brasileiros hipertensos livres de medicamentos! Com isso, aumentaria 4 anos na expectativa de vida do hipertenso!

Maneiras de reduzir o sódio:

– no supermercado:

  • Leia os rótulos cuidadosamente. Procure um produto similar com menos sódio, para a mesma quantidade;
  • Alimentos processados e preparados contêm grandes quantidades de sódio;
  • Compre vegetais frescos e congelados, sem sal adicionado. Os vegetais enlatados são ricos em sódio porque o sal é adicionado durante o processo para conservação;
  • Evite preparações instantâneas, congeladas ou enlatadas;
  • Procure ervas e especiarias exóticas, que você ainda não tenha experimentado.

– na cozinha:

  • Reduza a quantidade de sal e temperos contendo sódio em suas preparações e receitas;
  • Modifique a receita eliminando ou reduzindo a quantidade de sal;· Realce o sabor das receitas utilizando-se de ervas e especiarias, suco de limão, vinagre ou vinho;
  • Elimine o sal que você adiciona quando cozinha macarrão e arroz;
  • Use ingredientes frescos sempre que possível.

– na mesa:

  • Prove a comida antes de alcançar o saleiro. Se você está realmente comprometido em diminuir o sódio, nem mesmo coloque o saleiro a mesa. Com o tempo, você não irá sentir falta do sal extra que sempre adicionou;
  • Tempere os alimentos com ervas frescas, suco de limão, vinagre e outros, para melhorar o sabor;· Use margarina sem sal;

Cuidado com os condimentos comerciais como mostarda, cat-chup, molho de saladas e outros molhos;

– no restaurante:

  • Esteja familiarizado com os alimentos que são pobres em sódio e faça suas seleções desses itens;
  • Escolha carnes grelhadas ou assadas; evite à milanesas, churrascos ou carnes com molhos;
  • Fast Food são freqüentemente ricas em sódio. Evite-as ou escolha uma porção pequena;
  • Solicite que todos os alimentos sejam preparados sem sal;

Caso você coma uma refeição rica em sódio, balanceie o resto do dia com refeições pobres em sódio.

Fonte: matéria da revista Veja de 02 de junho de 2010 “Quando menos é mais”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *