Atividade física no frio!

Independente da estação do ano, o nosso corpo utiliza mecanismos próprios para manter o equilíbrio de sua temperatura central em torno de 37 º C. Esses mecanismos são ativados por sensores localizados na pele que mandam informações sobre a temperatura ambiente e corporal para o hipotálamo (estrutura do sistema nervoso central localizado na região do encéfalo) e o mesmo, ativa os mecanismos de “defesa” do organismo para que haja reajuste da temperatura.

Em dias quentes e úmidos em que o ganho de calor corporal é maior do que a perda de calor para o ambiente, a evaporação do suor é um mecanismo importante de resfriamento do corpo para que essa temperatura não atinja níveis muito altos e prejudiciais ao organismo. Em dias frios o organismo utiliza vários mecanismos como, por exemplo, o aumento dos tremores e calafrios e o aumento do metabolismo corporal, para que, a perda de calor para o ambiente seja minimizada e a temperatura central se mantenha em torno dos 37º C.

Durante o inverno, a atividade física pode contribuir muito com a manutenção do equilíbrio da temperatura corporal. Em ambientes frios a atividade muscular provocada durante a atividade física faz com que haja um aumento nas reações químicas do metabolismo energético (conjunto de reações químicas responsáveis pelos processos de “formação” e degradação dos nutrientes na célula) proporcionando ganho de calor considerável para o organismo. Para que o corpo consiga se exercitar durante momentos de estresse induzidos pelo frio, ele precisará consumir mais energia durante a atividade física se comparado à mesma atividade em dias quentes. Pois, além satisfazer a necessidade de conservação do calor produzido pelo corpo, o organismo precisará de energia para manter a atividade física iniciada.

Mas para realizar atividade física durante o frio alguns cuidados importantes devem ser tomados:

  • Durante a atividade física o ideal é remover as camadas de vestimenta à medida que o calor produzido pelo corpo aumenta.
  • A hidratação é um fator importantíssimo, pois durante o frio a umidade do ar costuma ficar baixa e o mecanismo de evaporação do suor se torna mais eficiente fazendo com que a perda de água do organismo durante o exercício físico, seja grande.
  • Durante a prática de atividades aquáticas vale ficar de olho na temperatura da água. O corpo em contato com a água fria perde facilmente calor para a mesma e dependendo da temperatura da água pode colocar em risco a manutenção da temperatura central.
  • Exercite-se sempre na companhia de um educador físico habilitado, pois só ele terá a capacitação necessária e as orientações que cada indivíduo precisa para praticar atividades físicas.

No frio não há nada melhor para esquentar e para perder calorias do que praticar atividades físicas. Por isso, deixe o cobertor de lado e os caldos típicos dessa época e exercite-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *