Cadeirantes podem fortalecer músculos e melhorar a qualidade de vida com o Pilates

Com o método é possível trabalhar diversos grupos musculares de forma não agressiva e inteligente proporcionando vários benefícios à vida destas pessoas.

A atividade física específica para pessoas com lesão medular é fundamentada no condicionamento físico baseado em seis princípios fundamentais como: concentração, controle, movimento fluido, respiração e coordenação motora.

Com o aumento da expectativa de vida dessas pessoas e o ganho social para sua maior acessibilidade de mobilidade, o processo de reabilitação desviou-se da preocupação de sobrevivência e tem foco na melhoria da qualidade de vida e no aumento da independência.


Entre os vários benefícios proporcionados pela prática do Pilates destaca-se:

alongamento e maior controle corporal;

correção postural;

– mais flexibilidade;

melhora no tônus e força muscular;

– alívio de tensões,

alívio do estresse e dores crônicas;

– desenvolvimento da consciência corporal;

melhora da mobilidade das articulações;

– estimulação do sistema circulatório e oxigenação do sangue;

fortalecimento dos órgãos internos;

– melhora da capacidade respiratória e aumento da sensação geral de bem – estar

Uma dica importante é trabalhar bem a questão do aumento da força em membros superiores uma vez que esta musculatura sofre sobrecarga.

É importante gerar uma harmonia dos movimentos estimulando maior coordenação motora na execução das atividades diárias.

Além disso, é de extrema importância para este público que passa a maior parte do tempo na mesma posição ter aulas buscando melhorar a capacidade respiratória, uma vez que ele é incentivado a utilizar a mobilidade de todo tórax de modo a dificultar o surgimento de possíveis doenças como pneumonias. Da mesma forma, o Pilates para portadores de lesão medular auxilia no trabalho dos órgãos internos e musculaturas profundas, oferecendo melhora no funcionamento intestinal.

O exercício é um ótimo aliado não só do desempenho motor como também da autoestima.

Mesmo aqueles que precisam de auxílio para realizar os exercícios devem sempre ter em mente que ele será responsável pelos cuidados com o próprio corpo

Alguns exercícios do Pilates quando praticados no dia a dia proporcionam aos praticantes independência e autonomia, bem como maior equilíbrio estático e dinâmico.

FONTE: http://www.educacaofisica.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *