Celulite e Alimentação

A hidrolipodistrofia ginóide, popularmente conhecida como celulite é um desequilíbrio do metabolismo lipídico e do fluxo de líquidos na mulher, caracterizada por um aspecto acolchoado ou “casca de laranja”. Costuma afetar cerca de 95% das mulheres. Ela pode aparecer em qualquer parte do corpo, exceto as palmas das mãos, as plantas dos pés e o couro cabeludo.

Dentre as causas da celulite, estão fatores como sexo, idade, fumo, álcool, alimentação, sedentarismo, e menos freqüentemente, por predisposição genética e fatores hormonais.

Hábitos alimentares ruins podem agravar o quadro circulatório, piorando o aspecto cutâneo. Doces, alimentos industrializados, gordurosos, carboidratos refinados, bebidas alcoólicas, excesso de sal e baixo consumo de água estão relacionados à celulite.

Algumas recomendações alimentares:

Inclua na sua rotina:

  • Frutas cítricas – Auxiliam na produção de colágeno, melhorando a elasticidade da pele e ajudam na eliminação de toxinas
  • Pimenta – Tem ação antioxidante, descongestionante e termogênica, auxiliando na perda de gordura localizada
  • Gengibre – Também tem poder termogênico, é anti inflamatório, ajudando a eliminar o excesso de gordura.
  • Alimentos diuréticos como abacaxi, chás suaves, pepino, melancia, limão, água de coco – Ajudam a eliminar o excesso de líquido que piora a aparência da celulite
  • Alimentos integrais e fontes de fibras – O bom funcionamento intestinal é importante pra eliminação de toxinas
  • Peixes – Ricos em ômega 3, ajudam a diminuir a inflamação. Consuma pelo menos 2 vezes por semana.
  • Chá verde – Além de termogênico, também tem ação antioxidante.

Evite:

  • Café, chá preto e chá mate – Têm efeito vasoconstritor, ou seja, diminuem o calibre das artérias, favorecendo a má circulação
  • Excesso de sal – Afeta o quadro circulatório aumentando a retenção de líquidos. Prefira temperos e ervas naturais como alecrim, manjericão, orégano…
  • Doces, refrigerantes, gordura trans, alimentos industrializados, carboidratos refinados (pão branco, macarrão refinado, arroz branco, etc) – Esses alimentos potencializam o processo inflamatório, piorando o aspecto cutâneo, além disso, essas calorias em excesso acabam sendo transformadas em gordura.

Lembre-se: A celulite nem sempre está associada à obesidade, mas o ganho de peso, além de afetar a estética do indivíduo, pode levar à vários outros problemas de saúde. Portanto, mantenha bons hábitos alimentares e pratique atividade física!

Karoline Martins

Nutricionista Clinlife

CRN 5616

Envie um comentário

Seu email não será divulgado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Digite a informação solicitada para provar que é uma pessoa: *