Comida de praia

O verão se aproxima e a praia acaba sendo o destino preferencial dos brasileiros e, principalmente, dos mineiros. Para você que já planeja o seu final de ano próximo ao mar e a espera de muito sol é hora de pensar também na qualidade da sua alimentação para evitar maiores complicações.

No verão, a proliferação de bactérias é muito maior e os alimentos ficam com um prazo de validade mais curto. Se for preparar algum lanche para levar, é preciso redobrar os cuidados ao manusear e armazenar para que não haja intoxicação, principalmente, se houver maionese, creme de leite, ovo ou carne nos ingredientes.

As comidas vendidas na praia é outro grave problema. Churrasquinhos, queijo coalho, amendoins, castanhas, milho com manteiga e camarão são focos para as bactérias. Observe bem a higiene do ambiente e do vendedor e evite comer o que está exposto ao sol. Vendedores ambulantes costumam transportar o mesmo alimento por longos períodos e isso facilita a multiplicação de bactérias que, na maioria das vezes, não é perceptível na aparência ou no cheiro do alimento, mas pode ser prejudicial à saúde.

A hidratação deve ser constante e a sede é um dos primeiros sintomas de desidratação. Portanto, antes do organismo pedir, beba a boa e velha água. Vale também repor os minerais perdidos no calor com uma água de coco geladinha. Já os picolés, são preferíveis com sabor de frutas e industrializados de marcas conhecidas a fim de assegurar a qualidade da produção.

O álcool é outro ponto grave. No calor, a retenção de líquidos aumenta e as bebidas alcoólicas desidratam o organismo, sendo mais um bom motivo para se hidratarem dobro. E cuidado com as bebidas preparadas com frutas ácidas (limão, laranja e abacaxi) que podem manchar a pele quando exposta ao sol.

Para que nada prejudique os seus dias de descanso, leve de casa frutas e líquidos bem refrigerados e prefira alimentos leves e de fácil digestão. Redobre a atenção com as crianças e idosos e lembre-se que todo cuidado é pouco.

.

Bom descanso!

.

Christiane Rocha Veloso

Nutricionista da Clinlife

CRN/MG 8158

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *