Cuidados com a pele nesse verão

O filtro solar deixou de ser um acessório exclusivo de quem vai à praia ou à piscina e se tornou uma proteção indispensável até para quem sai para trabalhar. Portanto, quem só lembra de passar o produto na hora de tomar sol está correndo sérios riscos. O fato é que muitos brasileiros ainda não levam a sério a importância do produto e os problemas causados pelo sol.

Com a chegada do verão a incidência dos raios UVB (raios ultravioleta B) aumenta muito. Eles chegam ao seu grau máximo e agem superficialmente na pele causando queimaduras solares. Os raios UVB também são responsáveis pelas alterações celulares que podem provocar câncer de pele. Apesar dos raios UVA (raios ultravioleta A) atingirem a pele de maneira menos intensa, eles também causam danos. Os raios penetram profundamente na pele e provocam o foto-envelhecimento. O raio UVA também está presente nas câmaras de bronzeamento artificial.

Para proteger a pele desses raios só mesmo com filtro solar. Todo filtro tem um Fator de Proteção Solar (FPS) que determina o tempo que uma pessoa pode permanecer no sol sem ter queimaduras. Como nem todo mundo tem o mesmo tipo de pele e de tonalidade, existem filtros em formulações do tipo creme, gel e spray para agradar a todos.

As formulações em creme costumam ser indicadas para peles normais a secas, pois ajudam a hidratar. Quem tem pele oleosa pode optar pelas formulações em gel e spray, o que evita o excesso de oleosidade. Os óleos bronzeadores com baixo fator de proteção são indicados para pele morena e negra. Na dúvida, o melhor é ler a embalagem para saber o que tem na formulação.

Fonte: www.dermatologia.com

Envie um comentário

Seu email não será divulgado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Digite a informação solicitada para provar que é uma pessoa: *