É feriado…. e agora? Adeus dieta?

Os feriados e finais de semana são as maiores preocupações de quem se encontra em processo de emagrecimento. São dias em que saímos da nossa rotina de trabalho, cuidados com o lar e atividades pré-agendadas. Dias que tiramos para descansar, sair com os amigos, viajar, fazer uma comemoração em família, enfim, dias em que nos permitimos relaxar, inclusive na dieta. E daí, todo o esforço feito durante a semana para seguir corretamente o programa de emagrecimento, vai por água abaixo.

Esta tem sido a maior dificuldade que as pessoas encontram para se manterem firmes na dieta. Então, o que fazer? Simples, é só não sair de casa, evitar comemorações, fugir de telefonemas de amigos chamando para sair, dar desculpas para não ir à festa de aniversário do seu sobrinho de 05 anos e por aí vai. Ou seja, o corpo fica magro, mas a vida fica chata.

 

Não é bem assim que a coisa funciona, dieta não é restrição, dieta é estilo de vida. Você não viaja para um lugar paradisíaco, com sua família ou amigos que você gosta de estar junto apenas para comer, não vai ao aniversário de um parente apenas pelo que será servido, não vai a uma comemoração apenas pelo Buffet da festa. Existe muito mais nesses lugares, prazeres que deixamos de atentar pelo simples fato de associarmos a dieta a uma vida restritiva, se seu pensamento é esse, você ainda não está em dieta!

A forma como você encara a reeducação alimentar é fundamental para ser bem sucedido no seu processo de emagrecimento e manutenção do peso.

Portanto, feriado chegando, vamos encontrar alternativas criativas de como podemos aproveitar esse dia de forma saudável:

 

– Que tal ir a um restaurante diferente, e experimentar um prato novo (que esteja dentro do seu programa), talvez uma mistura de ingredientes que você nunca havia provado?

– Que tal, aprender um pouco mais sobre culinária e inventar um menu saudável?

– Que tal sair com seus amigos e aproveitar a companhia deles, o ambiente confortável, reavivar velhas memórias, rir, se divertir, e fazer uma escolha de um prato mais saudável?

– Que tal juntar a família toda em um almoço em sua casa, onde você vai poder matar a saudade daquela tia ou daquele primo que não vê há séculos, ou mesmo dos seus pais e irmãos que, com a falta de tempo, tem visto pouco. Se for o caso, faça o seu prato separado, mas aproveite o que aquele momento lhe traz de bom. O fato de você cozinhar comidas gordurosas para outras pessoas, de você não comer o mesmo que eles; não deve pesar mais do que as alegrias advindas daquele momento que é único.

– Que tal se permitir relaxar e descansar da sua rotina maçante, mas não da dieta, até porque esse não é o significado que queremos que ela tenha na sua vida, nada de maçante, e sim um hábito para toda a vida.

Iana Guedes

CRP: 04/35355

Psicóloga Clinlife

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *