Emagreci: e agora como manter?

Emagrecer nem sempre é muito fácil e não importa se você precisava eliminar cinco ou cinqüenta quilos: as dificuldades são sempre as mesmas. Mas a sensação de chegar ao peso desejado, ter mais saúde e gostar do que refletido no espelho é o que importa.

Para isso é necessário uma boa reeducação alimentar, não apenas uma dieta com prazo de validade para acabar após atingir o peso desejado.  É necessário aprender a comer corretamente, de 03 em 03 horas, de forma moderada e suficiente para deixar o organismo alimentado. É isso que devemos levar para a vida inteira.

A manutenção do peso é muito importante para manter o corpo magro e essencial para a saúde, por reduzir o risco de doenças relacionadas a uma má alimentação como colesterol alto, triglicérides, hipertensão, diabetes, doenças do coração, dentre outras.

É, nesta fase que a maioria das pessoas encontra as maiores dificuldades, pois começam se permitir a incluir e retornar com velhos hábitos que não são saudáveis. Muito comum depois de atingido o objetivo darmos uma relaxada na dieta e achar que agora tudo volta a ser “liberado”, é aí que mora o perigo.

A consciência de que é necessário mudar hábitos alimentares e estilo de vida para se manter magro e saudável, é fundamental. Quando você aprende que o segredo é escolher alimentos corretos, equilibrar a dieta, praticar atividade física regularmente e beber bastante líquido, fica mais fácil se convencer da importância de adotar esses hábitos saudáveis por toda a vida.

E, ai com o passar do tempo o seu organismo se adapta aos novos hábitos adquiridos e você verá que poderá comer de tudo, em quantidade e freqüência adequada e se sentirá satisfeito sem alterar o peso.

Entender o que acontece no nosso corpo quando adquirimos quilinhos extras, ajuda a compreender a importância de ter uma alimentação saudável mesmo depois de ter emagrecido.

As células de gordura são formadas ainda na infância, quando você se alimenta de forma incorreta e acaba adquirindo peso, estas células incham, chegando a ficar seis vezes maior que o tamanho original. São estas células “cheias“, que multiplicadas, aumentam os depósitos de gordura corporal.

Por mais que você emagreça, as células de gordura adquiridas quando se ganha peso não morrem ou desaparecem, elas apenas encolhem, diminuem. Estas células te acompanham pelo resto da vida e ficam só esperando uma oportunidade ou um descuido seu para voltarem a inchar e se multiplicar.

Portanto, o tipo de dieta que você segue para reduzir o peso é um dos fatores mais importante para determinar o sucesso da manutenção do seu peso em longo prazo.

Alcimara Macieira

CRN: 4284

Nutricionista

Clinlife

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *