Estratégias comportamentais podem ajudar na Reeducação Alimentar


  • Organize o seu dia para dar tempo suficiente para comprar, preparar e comer alimentos saudáveis. Defina um alarme, se necessário, para que não fique a ver televisão ou a trabalhar no computador.
  • Escolha lanches saudáveis que tenham uma textura e sabor agradáveis. Você pode gostar da crocância de cenouras, o agro dos cubos de queijo, ou a suavidade do iogurte congelado. Beber uma xícara de chá quente a meio da manhã ou um lanche no meio da tarde podem fazer com que a saciedade dure mais tempo e sinta mais satisfação.
  • Fique “no momento presente”, enquanto come. Evite comer em frente ao computador, enquanto estiver dirigindo, ou a fazer um conjunto de tarefas enquanto você come. Sintonize-se com a experiência de comer, sinta o gosto e a textura daquilo que gosta, perceba o quanto a comida é satisfatória, e o que se sente ao ficar ou não saciado.
  • Relembre-se durante o dia como a  mudança de hábito  é importante para você. Você pode colar uma imagem na sua mente de uma versão mais saudável  de você, ou escrever os seus motivos para mudar de hábitos numa ficha de registro.
  • Não se deixe apanhar por armadilhas ao  pensar que não tem força suficiente para levar o plano até ao fim. Se você acha que merece algo mais porque se tem portado bem, recompense-se com uma atividade que não necessariamente envolva a comida.  Se você tem um dia ruim, não use isso como desculpa para abandonar o seu plano durante uma semana inteira. Lembre-se que você precisa voltar ao seu plano de reeducação de alimentar  o mais rápido possível para minimizar os danos.
  • Diga a si mesmo “Eu posso fazer isso.” A pesquisa mostra que a autoeficácia, ou a confiança que você irá ter sucesso e conseguir alcançar o seu objetivo, é um poderoso preditor do comportamento futuro. Se você percebe que está pensando negativamente, adote uma atitude mais positiva, relembre-se de outras situações em que você aprendeu com sucesso um novo comportamento. Visualize-se a resistir à tentação e a ser bem sucedido na sua perda de peso.

Thais Martins Santos

Psicóloga Clinlife

CRP 04-24638

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *