EXERCÍCIOS AERÓBICOS X PERDA DE GORDURA

Todo exercício físico orientado e realizado de maneira freqüente (mínimo 3x/semana) é um excelente potencializador na perda de peso em geral e também na melhoria da composição do peso corporal: massa magra (músculos e ossos) e massa gorda (gordura).

No entanto, sabe-se que existem exercícios físicos ideais para cada objetivo de treinamento: emagracimento, hipertrofia (ganho de massa muscular), condicionamento cardiorrespiratório, força (resistência, máxima), velocidade, etc.

Quando se trata de perda de gordura/emagrecimento, os exercícios mais indicados e que potencializam este resultado são, preferencialmente, os aeróbicos. Mas, o que é ou o que caracteriza estes tipos de exercícios?

Exercícios aeróbicos são aqueles que utilizam oxigênio no processo de geração de energia para os músculos executarem os movimentos. Por isso, são chamados de aeróbicos: relacionados com ar/oxigênio, que necessita do oxigênio. A característica principal deste tipo de exercício é a ofegância, ou seja, maior ritmo respiratório ou ritmo respiratório mais acelerado.

Outras duas características importantes dos exercícios aeróbicos são serem contínuos e prolongados. Acima de três minutos ininterruptos, um exercício já é considerado aeróbico. Mas, para priorizar o gasto metabólico de gordura, ele deve ter duração mínima e, preferencialmente, superior a vinte minutos. É devido a essas características (contínuo e prolongado) é que estes exercícios devem ser realizados em intensidades de leve a moderada, pois se forem muito intensos não são suportados por muito tempo.

E qual a relação dos exercícios aeróbicos com o maior gasto metabólico de gordura?

Como os exercícios aeróbicos são de longa duração, o corpo exige muito mais energia. Geralmente, a principal fonte de energia para as atividade diárias, inclusive para os exercícios físicos, é a glicose. Esta é utilizada juntamente com o oxigênio no metabolismo de produção de energia. Mas, a glicose também é considerada uma substância essencial para o funcionamento do cérebro. Por isso, o corpo evita utilizá-la em grande quantidade e passa, então, a utilizar moléculas de gordura, de todas as partes do corpo, no lugar da glicose para produzir energia.

Então, para otimizar o gasto metabólico de gordura e, consequentemente, o emagrecimento e a melhoria da composição corporal, dê preferência para a prática regular de exercícios aeróbicos.

Além deste excelente benefício ao organismo, os exercícios aeróbicos também proporcionam outros bons resultados como:

  • Fortalecimento do músculo cardíaco e dos músculos envolvidos com a respiração;
  • Tonificação da musculatura do corpo;
  •  Aumento da resistência muscular;
  • Aumento do fluxo sanguíneo nos músculos e melhora da circulação sanguínea;
  •  Controle da pressão arterial, colesterol, triglicérides, glicose e outras doenças crônico-degenerativas.

Mas, e agora? Qual exercício aeróbico devo praticar?

O fator mais importante a ser considerado na escolha do exercício aeróbico é saber se você não possui nenhuma restrição física ou fisiológica para a prática de exercícios físicos. Não se deve praticar exercícios físicos antes de cuidar/controlar devidamente de problemas de saúde que, porventura, você apresente.

O segundo fator, que também não deixa de ser importante, é escolher o que você mais gosta de fazer! Assim, a chance de desistir diminui bastante!

Agora sim! Você pode escolher… caminhar, correr, pedalar, nadar, pular corda, step, jump, boxe, etc, etc, etc… as opções são muitas! Aproveite e se dedique bastante que o sucesso é certo!

 

Janice Fernandes Lima e Corrêa

Profissional de Educação Física – Clinlife

CREF 010277 – G/MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *