Fatores que influenciam a ter o admirado abdômen ‘tanquinho’

Muitas pessoas perguntam para os educadores físicos, como fazer para ter o abdômen definido, sem gordura, firme e parecendo um ‘tanquinho’. A resposta não é bem simples. São vários fatores que influenciam o acúmulo de gordura no abdômen. Só ‘mexendo’ com esses fatores, é possível ter o abdômen tão admirado.

O primeiro passo é fazer uma reeducação alimentar. A maioria das pessoas pensa que parando de comer irá reduzir a gordura abdominal e isto não é verdade. Muitas vezes, essa ação pode influenciar o seu metabolismo a desacelerar e acumular mais gordura no abdômen. O nosso metabolismo funciona da seguinte forma. Quando você tem energia para o corpo de poucas em poucas horas (alimentos disponíveis de poucas em poucas horas), seu metabolismo age como se em todo instante ele tivesse substrato energético para o corpo e assim, não precisa reservar energia (através da gordura).

Alguns atos que são bem simples, mas que passam despercebidos como; usar roupas muito apertadas no abdômen influenciam o acúmulo de gordura na região. Existem estudos demonstrando também que ficar sentando durante longos períodos do dia influencia o acúmulo de gordura na região abdominal.

Outro fator que influencia esse acúmulo de gordura no abdômen é não fazer atividades físicas no cotidiano (gastar energia subindo uma escada, caminhando, etc). Algumas pessoas pensam que estas tarefas não influenciam tanto. Temos que pensar da seguinte forma; toda tarefa que fazemos gastamos energia, esta energia vem do alimento, ou seja, você esta gastando energia que você consumiu.

Não fazer exercícios físicos freqüentemente (qualquer exercício periodizado) também contribui bastante para o acúmulo de gordura abdominal. Exercícios físicos regulares ajudam o seu metabolismo a ficar mais acelerado além de tornar os seus músculos mais rígidos e fortes.

E agora chegamos ao exercício que todo mundo gosta de fazer para o abdômen, o famoso abdominal. O abdominal é um ótimo exercício para tonificar o abdômen, reforçar a região do chamado core, mas ele sozinho não tem o poder de reduzir a gordura do abdômen.  Por mais que você deixe o seu abdômen forte e rígido, se você só fizer abdominal, seu abdômen não irá perder gordura.

Existem muitos e muitos tipos de abdominal, por isso temos que verificar, qual o abdominal é o mais eficaz para o nosso corpo. Às vezes, fazemos abdominais acrobáticos, inclinados, suspensos, mas se eles não forem prescritos corretamente não vão ter tanto resultado. Você sabia que alguns abdominais têm o poder até de influenciar o equilíbrio postural e conseqüentemente reduzir algumas síndromes posturais? Sempre faça abdominais prescritos por um profissional qualificado.

Com relação à gordura abdominal, existem basicamente dois tipos de acúmulo de gordura na região abdominal. A gordura subcutânea (gordura que fica logo abaixo da pele) e a visceral (gordura entre as vísceras).  Exercícios aeróbicos (caminhadas, corridas, bikes, etc) combinados com os exercícios resistidos (musculação, funcional, etc) são ótimos para reduzir o acúmulo de ambas as gordura nessa região. Vale ressaltar que perdendo principalmente a gordura visceral, você colabora para melhorar a sua saúde. As gorduras viscerais são as que podem influenciar o aparecimento de doenças cardiovasculares.

Como foi dito no início, são vários fatores que podem influenciar a ter o tão admirado abdômen ‘tanquinho’. Lembre-se que o abdominal é uma das ‘ferramentas’ que você irá ter para chegar ao seu objetivo, mas ele sem outros recursos não irá influenciar quase nada. Para se ter um abdômen admirado, você tem que se dedicar além do período dos exercícios físicos. Seguindo essas dicas o sonho pode se tornar realidade.

Richardson Siqueira

CREF 018387

Educador Físico Clinlife

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *