Fome na alma, comida nenhuma sacia!

Existe uma crença nas pessoas de  que só existe  fome de comida: que o que um indivíduo precisa para ser feliz é somente alimento, roupa e casa.

Como não é apenas disso que as pessoas necessitam para se sentirem satisfeitas é bem comum vermos pessoas insatisfeitas e reclamando.

Realmente, o ser humano tem outras fomes que são igualmente importantes tanto quanto a comida. Assim como precisamos de comida e descanso, necessitamos também de outros tipos de nutrientes para nos sentirmos saciados.

Sabe aquela hora que você está em casa depois do jantar e mesmo assim ainda sente falta de algo?

Certamente temos necessidades de algo mais que a comida e abrigo. Como já dizia a banda Titãs, em sua música Comida:

A gente não quer só comida,

A gente quer comida, diversão e arte.

A gente não quer só comida,

A gente quer saída para qualquer parte.

A gente não quer só comida,

A gente quer bebida, diversão, balé.

A gente não quer só comida,

A gente quer a vida como a vida quer

Temos outras fomes a serem saciadas. E o mais importante é que o poder de satisfazê-las está em nós mesmos.

Aqui estão alguns exemplos dessas outras formas de  fomes:

Fome de estímulos:

O ser humano necessita de sensações físicas, e de variadas sensações: enfim de estimular os sentidos. Afinal a vida não precisa só de sabor ela demanda também por cor, movimento, toque e cheiro.

Fome de contato:

È muito importante os seres humanos estarem em contato uns com os outros.

Muitas vezes as pessoas acabam reprimindo esta fome, e trocando o contato físico por reconhecimento verbal.

Fome de conhecimento:

O lado contrario do amor não é a raiva, mas sim a indiferença. Todos nós necessitamos ser reconhecidos, que as pessoas nos identifiquem,cumprimentem e nos valorizem.

Uns mais outros menos.

Sem dúvida, a pessoa que nos faz o reconhecimento também faz toda a diferença. Pois se eu valorizar positivamente a pessoa sua valorização de mim vai ser mais importante ainda.

Fome sexual:  

É natural o desejo e esta vontade de concretizar esse desejo que se manifesta.

É tanto amor que se tem desejo de estar dentro do outro, e ter o outro dentro de si, no mais profundo da entrega. Ter o sexo como alimento, sem conflitos, como encontro amoroso, que seja muito mais que uma simples ejaculação.

Fome de estruturas:

As estruturas são pontos de referência e os seres humanos necessitam ter suas referências, ver o mundo de uma maneira estruturada.

As estruturas levam as pessoas a terem suas referências.

Fome de acontecimentos:

Precisamos que algumas coisas aconteçam para que não nos enterremos num tédio total.

Precisamos de fatos que nos tragam surpresas, novidades e excitação. Necessitamos de beleza e do fascínio do inesperado.

Quando as nuvens da rotina e da repetição vendam nossos olhos perdemos o interesse pelo que estamos fazendo. Então precisamos de algo novo, que traga de volta o brilho para a nossa vida.

Cada pessoa tem apetite diferente em relação a cada uma das fomes, mas com certeza todas elas compõe o nosso intimo.

E você sabe diferenciar e reconhecer cada uma de suas fomes???

Thais Santos Martins

CRP – 04.24638

Psicóloga – Clinlife

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *