Intolerância ao Glúten

 

Intolerância ao Glúten

 

A intolerância ao glúten é uma situação desencadeada pelo consumo de proteínas de alguns cereais que provocam a má absorção dos nutrientes ingeridos, tais como as vitaminas, minerais, carboidratos, lipídos e outras proteínas.

 

Prolaminas (Gliandina +  Gluteninas) + H2O  Agitação = GLÚTEN

 

O glúten está presente em alguns cereais como:  trigo, centeio, cevada e aveia, cereais esses utilizados para fabricação de pão, massas, bolachas, biscoitos, bolos, etc.

 

É necessário estar muito atento  à escolha dos alimentos disponíveis no comércio, pois o glúten pode estar presente sob diversas formas:

 

Diretamente – trigo, centeio, cevada, aveia, boulgour, triticale, espelta, kamut, etc…que se encontram nas farinhas, semolas, flocos, e todos os derivados;

Indiretamente – amido, amido modificado, malte,….que se encontram em iogurtes de frutas, cremes, molhos, etc.

 

A intolerância ao glúten é dificil de diagnosticar dado que os sintomas podem ser muito variados. Uma das manifestações mais habituias é a má absorção dos nutrientes.

 

Os sintomas clássicos: Diarréia , Flatulência , Distensão abdominal , Má digestão , Perda de peso

 

Outras manifestações mais dificeis de relacionar com a intolerância ao glúten: Fadiga crônica , Irritabilidade , Vômitos , Dificuldade de concentração , disposição física, humor, memória.

 

Existem outros menos frequentes: edemas, problemas hepáticos, do sangue, das articulações, da dentição e mesmo neurológicos

 

Para completar a lista, a parede intestinal ao estar afetada, deixa passar mais alergeneos.

 

O sistema imunitário é por isso mais solicitado em caso de intolerância. Estes doentes estão mais sujeitos a alergias múltiplas que as pessoas não intolerantes.

 

 

GLÚTEN & INFERTILIDADE

– Manifestação não intestinal da doença – anticorpos antiglutaminase

– Anemia resistente ao tratamento

– Anticorpo antimicrossomaltireóide & ovários

Quer engravidar? Elimine glúten da dieta do casal!!!

 

ALIMENTOS COM GLÚTEN

Trigo e derivados do trigo, como farinha de trigo, farelo de trigo, pães, bolachas, bolo, tortas, macarrão e massas em geral.

Molho branco, nuggets, salsicha, granola, cereais em barra, quibe e esfirra, entre outros .

Centeio e derivados: farinha de centeio, pão de centeio, flocos de centeio

Aveia e derivados: aveia em flocos, farelo de aveia, pão de aveia

Cevada: cevada em pó (substituto de café), cerveja, chope, malte, extrato de mate, uísque, “ovomaltine”. Atenção aos cafés, pois alguns podem vir misturados com cevada para aumentar o volume, por isso celíacos (aqueles que não podem com o Glúten) devem procurar o selo de pureza da ABIC.

Nos rótulos: amido e espessantes podem referir-se a substâncias com glúten.

DICAS PARA QUEM NÃO PODE INGERIR GLÚTEN

 

Farinha de soja, flocos de soja, fécula de batata, fécula de mandioca, polvilho (biscoito de polvilho, pão de queijo), fubá, broa de milho sem trigo, bolo de fubá sem trigo, maisena, farinha de arroz.

Produtos de mercado: biscoito de polvilho, pão de queijo, bifun (macarrão de arroz)

Trigo sarraceno e Quinua podem ser usados.

 

Juliana Castilho

Nutricionista Clinlife

CRN 4524

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *