MASTIGAÇÃO

A mastigação é uma ação muito importante para o equilíbrio das funções orofaciais. Ela ajuda a manter a força da musculatura orofacial, a modelar a forma do osso e a posição dos dentes.

O objetivo da mastigação é o de reduzir o tamanho das partículas a serem digeridas, bem como promover a mistura dos alimentos com a saliva e é onde começa a digestão. Em condições normais, as partículas são reduzidas a fragmentos de tamanho inferior a 2 milímetros. O processo químico da digestão já se inicia na boca. Por isso, embora 99% da saliva sejam constituídos por água, o restante é representado por substâncias orgânicas e inorgânicas diversas.

Então quando mastigamos mal ou muito rápido as partículas não são quebradas totalmente, podendo desencadear uma sobrecarga no pâncreas e intestino, gerando gases, mal estar, indigestão e até o aumento de peso.

A mastigação é a fase oral da digestão. Sua função é modificar a consistência do bolo alimentar e produzir a saciedade. Na passagem do bolo alimentar pelo palato mole, se inicia a segunda fase, da deglutição. Pessoas com obesidade, por exemplo, apresentam maiores problemas de mastigação e deglutição, tonicidade dos lábios, língua e bochecha diminuída, além de outras alterações importantes.

Para evitar refeições maiores do que o necessário, evitando assim o sobrepeso, é necessário fazer uma boa mastigação dos alimentos e com isso promover maior saciedade e melhor funcionamento dos processos de digestão e absorção.

O alimento deve ser mastigado até adquirir consistência cremosa, então deve se mastigar em torno de 30x cada garfada. O tempo médio adequado para fazer uma refeição é de 20 a 25 minutos, que é o tempo necessário para a regulação de fome/saciedade (feita pelo hipotálamo), momento de haver a interrupção na alimentação.

Procure não comer assistindo TV, mastigue bem todos os alimentos, desfrute do momento de se alimentar, preste atenção ao que está comendo. Sinta os sabores e aromas dos alimentos. Com medidas fáceis podemos evitar ingerir grandes quantidades de alimentos da qual não precisamos.

 

Shellen Pollyanna

Nutricionista Clinlife

CRN09- 14676

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *