Melatonina- importante não somente na regulação do sono!

A melatonina é um neuro-hormônio produzido pela glândula pineal e por um importante aminoácido chamado Triptofano.

Ela reduz a vigilância e diminui a temperatura corporal, induzindo assim ao sono, além de regular nosso relógio biológico.

No recém-nascido, ocorre naturalmente a liberação de melatonina após o fechamento dos olhos. Nessa fase, outra fonte de obtenção de melatonina é através do leite materno, ajudando a induzir o sono nos recém-nascidos após as mamadas.

Na adolescência, a melatonina é produzida em grande quantidade, porém na velhice há evidências de um declínio nos seus níveis de produção, por isso o idoso dorme bem menos.

Mas a melatonina é responsável não somente por regular nosso sono, ela tem também funções importantes a nível neuronal.

Isso se dá porque a melatonina é uma substância anti-radical livre, ou seja, um importante antioxidante.

Por ser capaz de atravessar a membrana que protege o cérebro, ela é de extrema importância na proteção dos neurônios contra as lesões provocadas pelos radicais livres.

Mas, você sabia que além da idade, o fator de estresse é também um grande vilão para diminuição de melatonina?

Isso porque uma pessoa sob forte estresse produz mais adrenalina e cortisol, aumentando assim a probabilidade de lesão nas células.

Além disto, a adrenalina e o cortisol induzem a formação de uma enzima capaz de destruir o Triptofano, antes que este atinja a Glândula Pineal, com isso a Melatonina não é fabricada, nem tampouco a Serotonina, podendo levar a aumento de peso e a depressão.

Além do nosso organismo produzir naturalmente a melatonina, podemos encontrá-la em alimentos como cebola, cereja, banana, cereais e em plantas aromáticas como hortelã, verbena, salva e o tomilho.

A melatonina é de suma importância em nossa vida. Para que ela seja produzida de forma natural em nosso organismo, além ingerir alimentos que contenham é importante também cuidarmos da nossa qualidade de vida, observando sempre nosso nível de estresse, bem como buscando meios e possibilidades de ficarmos sempre melhores conosco, lembrando sempre que nossa vida é aquilo que fazemos dela! Sendo assim, façamos nosso melhor em favor de nós!

Cristiane Froes

Psicóloga Clinlife

CRP:35.330

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *