A mulher que sabe o que quer

A estada de consolidação de uma mulher determinada e bem sucedida é composta de momentos onde a  menina, que teve que engolir o choro, e  aprender a curar suas feridas.

Essa mulher se valeu de cada  obstáculo e cada pedrinha que a vida jogou no seu caminho, para construiu seu castelo sem depender  nem do sapo, tão pouco do príncipe encantado.

Essa mulheres aprenderam que tem um valor  e não acreditam em qualquer papo furado, em clichês e promessas vazias.

Ela se tornou autora de sua história, definindo seus caminhos, selecionando suas batalhas.

Esse tipo de mulher sabe que precisa ser responsável por si todos  os dias, ela não delega a  ninguém a responsabilidade por  seus sonhos, ela entende que partilhar é fundamental mas que a dependência não constrói uma relação saudável.

Ninguém consegue parar uma mulher que finalmente entende que ela pode e  se permite  mais da vida, do amor e do Universo.

Nem sempre foi assim, mas em um dos muitos trancos que ela levou, despencando em alguns barrancos da vida, ela se cansou de comer poeira, e decidiu que escreveria uma nova história, ela foi lá e fez, ela acreditou e então faz  acontecer a cada manhã.

Afinal a  vida dela não é perfeita, ela não vive um conto de fadas, e ela não espera pelo príncipe no cavalo branco.

Ela entende que o suficiente é uma boa quantidade, ela não quer um mundo perfeito, ela quer calma na alma, plenitude no ser, e paz no coração.

 A vida é um sopro, sim, mas  ter resiliência diante dos mistérios e magia dessa vida, é libertador.

Thais Martins Santos 
Psicologa 
CRP 04-24638

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *