Musculação – conheça os benefícios

À medida que envelhecemos ficamos menos ativos, perdemos massa muscular e ganhamos peso em forma de gordura. Isso se torna ainda pior nos casos de pessoas que são sedentárias.  Quando não exercitamos nossos músculos, eles vão se tornando fracos, reduzem seu volume e, com isso, diminui sua força, sua resistência, a proteção das articulações e ossos. Como conseqüência a falta de força e resistência muscular aumenta-se as chances de se adquirir lesões musculares, ósseas e articulares.

Uma forma de conter esses danos que o tempo, associado ao sedentarismo, provocam no nosso organismo é praticar musculação.

A musculação pode ser praticada por variados grupos de pessoas desde adolescentes a idosos passando por portadores de deficiências físicas e mentais, indivíduos com doenças como diabetes, cardiopatias (distúrbios no coração), hipertensão (pressão arterial acima do normal), pessoas em quadro pós-operatório ou recuperando-se de lesões, que necessitam de fortalecimento muscular.

Os resultados provocados pela musculação podem ser variados e dependerão da genética do indivíduo que pratica a modalidade, do objetivo que ele deseja alcançar, do tipo de treino e da forma em que as variáveis utilizadas na musculação serão trabalhadas (freqüência de treino, grupos musculares trabalhados, número de exercícios para cada grupamento, número de séries, repetições, intensidade, volume do treinamento, pausa entre os exercícios, tempo de repouso entre os dias de treino, etc.). Dessa forma, podemos dizer que nem todo mundo que pratica a musculação ficará com o aspecto físico de fisiculturista, tudo dependerá dos fatores citados anteriormente e da manipulação das variáveis da musculação.

Da mesma forma que os resultados, os benefícios da musculação também dependerão de todos os fatores citados e poderão ser os mais variados, dependendo, portanto, do objetivo e do treinamento proposto pelo educador físico responsável.

Um benefício da prática da musculação é utilização de exercício para a correção postural. Após a identificação do problema de desvio postural por um profissional de fisioterapia, o educador físico poderá planejar o treinamento para fortalecer os músculos afetados pela má postura.

Outros benefícios que podemos citar:

- Aumento da força e da massa muscular;

- Diminuição do peso gordo e percentual de gordura corporal

- Aumento do metabolismo.

- Melhoria do condicionamento físico e do desempenho esportivo.

- Aumento da resistência muscular, da proteção dos ossos e articulações.

- Aumento da resistência do sistema imunológico, diminuindo o risco de infecções oportunistas,

- Redução do risco de problemas cardíacos

- Redução do risco de hipertensão

- Redução do risco de problemas de colesterol, obesidade e diabetes

- Melhora da circulação (a musculação nos membros inferiores do nosso corpo ajuda o sangue a retornar ao coração, pois quando os músculos da perna estão fortes eles contraem eficientemente durante o movimento ajudando a empurrar o fluxo sangüíneo e volta para o coração).

- Favorece no conforto na vida diária e do trabalho físico.

- Aumenta o volume dos músculos modelando o corpo e reduzindo a flacidez.

Para que os benefícios da musculação sejam alcançados da melhor forma, o indivíduo deverá ter disciplina para praticar a modalidade regularmente,  sempre dispor da orientação de um educador físico e respeitar seus limites.

Related posts:

  1. Cinco motivos para não fugir da atividade física no inverno
  2. Você é Mesomorfo, Endomorfo ou Ectomorfo?
  3. Intolerancia à lactose – conheça mais

Envie um comentário

Seu email não será divulgado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*


9 + 6 =