O alimento como vício

 

Sabe quando temos aqueles dias cheios e estressantes? Estamos pra baixo, chegamos em casa e resolvemos comer o que é que for para confortar este sentimento. O problema é que isso geralmente acaba causando outros sentimentos ruins depois de arrependimento, desânimo com o peso, saúde, etc.

O interessante é que nós sabemos, racionalmente, que comer com as emoções não é bom pra nós,  etc. Mas quem disse que nossa razão tem mais poder que nossas emoções? Não!

Mesmo entendendo conscientemente que estamos com “fome emocional”, isso não ajudaem nada. Nãoadianta força de vontade apenas para curar este tipo de coisa. Nós, seres humanos, somos comandados por emoções! São elas que decidem o que e quando fazemos as coisas.

Comer emocionalmente é, sim, um vício e digo mais, é um dos vícios mais difíceis de serem curados e por motivos bastante interessantes.

Bom, para começar, quando você come com as emoções, seja sincero(a), você vai na geladeira querendo encher a cara de brócolis? Não né!

Procura-se por comidas que nos confortem, que nos dêem um prazer imediato.

E quais são elas? Carboidratos, obviamente. Mais especificamente, DOCES!

 Nosso DNA é codificado para sermos magnetizados em direção à coisas doces! Imagine, pela perspectiva da sobrevivência, qualquer alimento doce encontrado na natureza, é denso em calorias e fornece energia preciosa para o nosso corpo, porém, na natureza, são raros os alimentos que são realmente doces. Em função disso acabamos por comer em exagero quando encontramos este tipo de alimento.

O problema é que hoje nós encontramos esses alimentos a qualquer hora e em qualquer lugar.

Sendo assim atualmente a maioria das pessoas procuram esse tipo de comida que nos dê prazer como umas das primeiras opções para aliviar sua tensão.

Veja um dado no mínio interessante. No século 18, as pessoas consumiam uma média de 2kg de açúcar por ano! Agora, nos tempos atuais, uma pessoa consume em média 65kg de açúcar por ano! O açúcar está em todo lugar e está mais acessível do que nunca!

Açúcar vicia! Sim, carboidratos refinados e densos como massas, pães, doces, bolos, etc, causam dependência fisiológica no seu cérebro! A maioria de nós já está viciada e nem ao menos sabemos disso.

Uma forma fácil de você fazer um teste é tirar qualquer tipo de alimento doce e derivado de farinha de trigo da sua dieta alimentar por 1 semana. A maioria das pessoas vai sentir uma vontade LOUCA de comer um pão, massa, etc e outros ainda podem ter sintomas de abstinência como dores de cabeça, etc. Isso é fato, e é  documentado cientificamente.

Agora veja, estas coisas não existiam no mundo durante a maior parte da história humana, logo, é fato concreto que estes alimentos NÃO são essenciais e necessários para nosso corpo, porém, nós ainda sentimos esta vontade LOUCA de comê-los. Sim, estamos viciados. Apesar disso vale mencionar que essa vontade passa quase que magicamente se você persiste na abstinência e começa a incluir alimentos realmente nutritivos na sua dieta alimentar.

Thais Martins Santos

Psicologa da Clinlife  

CRP 04 24 638

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *