O Cérebro e o Comportamento Humano

O relato sobre a relação entre o cérebro e o comportamento humano, tem suas origens na Antiguidade, época em que as lesões cerebrais dos feridos de guerra foram tema de interesse do povo grego que se tornou pioneiro neste tipo de investigação.

A neurociência é uma área composta por conhecimento de disciplinas tais como: neuroanatomia, neurofisiologia, neuroquímica, neuroimagem, genética, farmacologia, neurologia, psicologia, psiquiatria. As neurociências têm por objetivo tentar integrar os pontos de convergência destas áreas e assim investigar as várias relações entre o comportamento humano e a atividade cerebral.Nos dias atuais graças ao avanço do aparato tecnológico e médico-científico tem-se acesso a formas de  investigação mais complexa da atividade cerebral e sua correlação como comportamento humano.

O nosso cotidiano só é possível por causa da atividade cerebral. Atividades como  ler e compreender um  texto, anotar um recado,  reconhecer alguém e lembrar seu nome, calcular o orçamento doméstico, conversar com uma pessoa, saber que amarelo é uma cor e que carro é um meio de transporte, lembrar o caminho de casa, são apenas alguns dos exemplo  das  funções que nosso cérebro desempenha todos os dias, e por ser comum  para a grande maioria das pessoas, não tem-se a dimensão da complexidade de cada uma dessas tarefas.
As principais funções cognitivas são: percepção, atenção, memória, linguagem e funções executivas.

A relação entre estas funções é uma das variáveis que organiza o ritmo dos comportamentos humanos, deste as mais simples até a mais complexa.

Thais Martins Santos

Psicóloga da Clinlife

CRP 04 24 638

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *