O que é Equilíbrio?

Você já deve ter se perguntado se ele existe, e a resposta é sim. Nós nascemos com o equilíbrio e de acordo com a vida que levamos, tendemos a sair dele.

  Em outras palavras para retornarmos ao equilíbrio, simplesmente precisamos andar. Sair da posição em que estávamos. Caminhar é um exercício constante de perdas e recuperação do equilíbrio.

 Ou seja, quem quer estar permanentemente equilibrado, sentindo-se seguro, corre o risco de não sair do lugar e ficar para sempre na zona de conforto.

 A Zona de Conforto é uma série de ações, pensamentos e comportamentos que uma pessoa está acostumada a ter e que não a causam nenhum tipo de medo, ansiedade ou risco. È um local onde nada pode incomodar o sujeito.

 No início de nossa vida, ainda bebê, temos que enfrentar o desafio de ficar de pé. Começamos a engatinhar e deste vamos fazendo as tentativas do pé no chão.

  Para isso acontecer é necessário o equilíbrio do corpo e o medo de não errar, pois se caio no chão continuarei tentando novamente, ou seja; em nossa infância não ficamos em zonas de conforto, experimentamos, tentamos, repetimos até conseguir o objetivo.

Ao chegar à adolescência e idade adulta, nos enchemos de medos; medo de tentar, de errar, de experimentar.

 Claro, que nesta etapa da vida, temos deveres a cumprir, satisfações a dar, e uma sociedade a enfrentar. Tudo isso nos faz querer sempre estar em um lugar calmo e estável e, estar neste lugar nos remete a não querer sair desta zona de conforto.

É preciso criar novos hábitos, tentar, errar, surpreender-se. Encontrar hábitos mais produtivos que tenham o poder de criar o novo. Como dizia Einstein: “Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes”. 

 

Paula Oliveira

Psicóloga Clinlife

CRP: 04/34982

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *