O que são alimentos termogênicos?

 

Alimentos termogênicos são alimentos que aceleram o metabolismo e aumentam a nossa temperatura corporal. Estes alimentos pelas suas propriedades “obrigam” o nosso organismo a gastar mais energia durante o processo de digestão, o que resulta na queima de calorias ao longo do dia e até mesmo durante o descanso, auxiliando assim a perda de peso.

São alimentos indicados para quem pratica exercício físico e pretende aumentar a resistência aeróbica durante os treinos, pois melhoram o desempenho. Eles reduzem a massa de gordura corporal, pois queimam de forma eficaz as calorias proporcionando uma melhor definição muscular.

Os benefícios destes alimentos são:

  •  Aceleram o metabolismo;
  • Queimam a gordura corporal;
  • Auxiliam no emagrecimento;
  • Melhoram a circulação sanguínea;
  • Auxiliam no tratamento de gripes;
  • Estimulam a digestão;
  • Eliminam os gases;

Apesar dos diversos benefícios, os alimentos termogênicos têm algumas contra-indicações para pessoas com as seguintes patologias:

  •   Hipertensão;
  •  Insônia;
  •  Ansiedade;
  •  Problemas intestinais;
  •  Problemas cardíacos;
  •  Problemas na tireóide;

Alguns exemplos de alimentos termogênicos e seus benefícios:

  • Cafeína: é uma substância vegetal estimulante, capaz de atravessar a barreira do nosso cérebro e promover diversos benefícios como o aumento da disposição e energia, diminuição da fadiga, melhora do desempenho esportivo, além do efeito termogênico.

  • Canela: Ela também aumenta o metabolismo basal e possui alto teor de cálcio mineral. Polvilhada por cima de frutas (aproximadamente uma colher de chá rasa), contribui com o emagrecimento e ainda torna a refeição deliciosa. Outra alternativa  é em bebidas quentes como leite, café ou chás.

  • Chá verde: Cinco xícaras de chá por dia durante três meses podem resultar em um resultado muito bom na balança. Mas, cuidado: quem tem insônia não deve ingerir o chá verde na parte da tarde ou noite.

  • Gengibre: Essa raiz pode aumentar o gasto calórico em mais de 10%. Ele pode ser consumido de diversas formas, cru, em mareadas para temperar carnes, aves e peixes, e ainda fica ótimo em molho de tomate, sopas de legumes, sucos e chás, quando misturado com outras ervas.

  • Pimenta vermelha: Esse tipo específico de pimenta é rica em capsaicina, substância que favorece o aumento da quebra de gorduras no tecido adiposo. Ela aumenta em até 20% a atividade metabólica se ingerida na quantidade de três gramas por dia, podendo ser adicionada em saladas e pratos quentes como tempero. Ela pode ser usada com moderação no almoço e deve ser evitada no jantar para não atrapalhar a qualidade do sono.

Os alimentos termogênicos podem ser um grande aliado no nosso dia a dia, mas para consumo adequado do mesmo é essencial o acompanhamento nutricional individualizado juntamente com bons hábitos saudáveis e a prática de atividade física.

Luana Gomes de Melo

Nutricionista Clinlife

CRN 5963

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *