Omega 3 e seus benefícios

O Omega 3 é um tipo de ácido gordo polinsaturado, considerado essencial porque o nosso corpo não o consegue produzir sozinho.

Tem havido cada vez mais estudos que demonstram que essa gordura possui um papel protetor contra doenças cardiovasculares.

Na verdade, existem três tipos de Omega 3 essenciais para a nossa saúde: DHA, EPA e ALA. Cada um tem funções diferentes, e também são encontrados em fontes diferentes.

O Omega 3 favorece a diminuição do colesterol no sangue, tem propriedades anti-trombóticas (evita a trombose)  anti-aterogénicas (previne a aterosclerose que resulta no entupimento das veias) e ajuda controlar a hipertensão. Têm um efeito protetor sobre o aparecimento de perturbações do ritmo cardíaco e das doenças cardiovasculares em geral.

O Omega 3 DHA (ácido docosahexaenóico) reduz o risco de doenças cardiovasculares e doença de Alzheimer.

É um dos principais componentes da matéria cinzenta do cérebro, da retina, dos testículos, do esperma e das membranas celulares.

Também é responsável por um crescimento e desenvolvimento adequado, pelo bom funcionamento do cérebro e pela diminuição da inflamação.

O DHA é encontrado nos peixes de águas frias, mariscos e óleos de peixe, especialmente o salmão, truta, arenque, etc. O DHA pode ser convertido pelo corpo no EPA.

O Omega 3 EPA (ácido eicosapentaenóico) reduz a inflamação e promove o bom funcionamento do cérebro.

Diminui os efeitos da depressão e esquizofrenia. Como acontece com o DHA, o EPA é encontrado nos peixes de águas frias, mariscos e óleos de peixe, especialmente o salmão, truta, arenque.

O EPA é útil para reduzir os coágulos de sangue que podem ocorrer no sistema cardiovascular humano. Também é bom para reduzir a inflamação nas articulações. Ajuda a prevenir a artrite reumatóide, lúpus, asma, doença de Crohn e doenças de pele.

O Omega 3 ALA (ácido alfa-linolénico) tem funções cardio-protetoras.

O ALA diminui o risco de doenças cardiovasculares e também reduz os efeitos da epilepsia. O ALA é encontrado principalmente em vegetais e óleos de sementes, como os óleos de colza, nozes, e linhaça.

Um detalhe é que todos os tipos de Omega 3 são essenciais. Mas o ALA é a fonte mais acessível, por isso é usado mais frequentemente para melhorar a alimentação ou para fazer produtos com Omega 3 como bolachas ou ovos.

O nosso corpo pode transformar ALA em EPA e DHA. No entanto, o nosso corpo não é eficaz em converter ALA em EPA e DHA (apenas 5% a 10% é transformado). Por isso depender do Omega 3 ALA como a nossa fonte principal de Omega 3 não é o suficiente. Essa é uma das razões por que se recomenda a suplementação de Omega 3 em cápsulas.

Para se ter a suplementação adequada de Omega 3 deve-se fazer uma dieta rica em peixes, castanhas, mas é necessário suplementar o óleo em cápsulas para se garantir a quantidade suficientemente alta capaz de gerar todos os benefícios oferecidos por ele.

1 comentário


  1. Olá
    tenho 62 anos, meu peso atual é de 63,400 kg e tenho 1,70 de altura. |Meu HDL é de 47 mg/dl,o LDL está 168 mg/dl, o que levou a um total de 250 mg/dl. Faço Pilates duas vezes por semana e preciso entender pq, mesmo comendo sem gordura,oleo comum ( uso azeite e canola), açucar e porcarias outras, Estou com esses resultados. Não posso fazer dietas muito restritivas pq só emagreço onde não preciso. A fisioterapeuta da minha academia me pediu pra chegar em 60 kg! Qual a melhor modalidade de ginástica para emagrecer e ganhar massa muscular sem ficar abatida? O Omega 3 em cápsulas é uma boa ideia?
    Abç

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *