Recupere o ritmo de dieta

Depois de um Natal e Final de Ano repletos de guloseimas, comidas pesadíssimas e saborosas, muito exagero, chegou a hora de retornar à dieta e manter firme a caminhada rumo a um peso mais saudável.

O grande detalhe é que mesmo tendo obtido um sucesso com a dieta conseguindo grande perda de peso, depois das comilanças de fim de ano o controle corporal obtido com os dois meses anteriores de dieta se esvaiu.

Afinal, quem faz dieta sabe que o cérebro precisa ser educado constantemente durante e depois da perda de peso. O famoso “pensamento gordo” existe e é fruto de milênios de evolução. Nosso cérebro aprendeu, com os longos períodos de fome e escassez, que deve comer sempre o máximo possível e o mais frequentemente também. Quando fazemos uma dieta e perdemos muito peso, temos que continuar mantendo os novos hábitos alimentares por, pelo menos, dois anos após a meta ter sido atingida. Caso isso não seja feito, engordamos mais rapidamente e acabamos mais gordos do que começamos; é o famoso “efeito sanfona”.

Exatamente por isso, toda aquela disciplina e saciedade foram perdidas com os excessos de fim de ano e devem, agora, ser construídos novamente. A grande chave é abusar dos alimentos sacietógenos (que dão saciedade). Pois, mesmo mais calóricos, eles ajudarão a criar no cérebro a sensação de saciedade por mais tempo e garantirão a manutenção do “pensamento magro”.

Abuse dos alimentos sacietógenos:

as proteínas são o nutriente mais sacietógeno. Devem fazer parte de pelo menos 3 refeições no dia, sob a forma de derivados do leite desnatado e de carnes e presuntos magros.

– os carboidratos devem ser integrais. São cheios de fibras, aumentando a saciedade.

– um exemplo: um café da manhã enriquecido com uma banana e um quarto de um abacate garantirá uma manhã sem fome até o intervalo da manhã.

Para que o inchaço também não faça parte da sua rotina após as comemorações, algumas estratégias para estimular o rim são super válidas, já que ele é o órgão de desintoxicação e equilíbrio do organismo.

Troque os lanches entre o café da manhã e o almoço – e o almoço e o jantar – por dois sucos diuréticos. Anote aí:

– Suco (1): 3 xícaras de melancia picada + suco de 1 lima da Pérsia + 10 folhas de capim limão + 1 copo de água gelada + 2 cubos de gelo

– Suco (2): 1 rodela grande de abacaxi + 10 folhas de hortelã + 1 xícara de chá de cavalinha gelado + 2 cubos de gelo

Não se esqueça que é mais uma nova etapa da escalada e mais um ano em busca de um objetivo de vida mais saudável.

 Déborah Pessoa de Mendonça

Nutricionista Clinlife

CRN:6854

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *