Sol na dose certa garante bronzeado perfeito e sem queimaduras

Muitas pessoas querem se bronzear em um dia o quanto não conseguiram o ano inteiro.

Ficam horas debaixo do sol em horários impróprios e não passam protetor solar adequadamente. Quando se olham no espelho percebem que não estão com a cor do pecado – e sim pecaram contra a própria pele.

Os efeitos agudos mais conhecidos desse exagero são as queimaduras solares e a insolação. Os efeitos crônicos incluem manchas, fotoenvelhecimento e até o câncer de pele.

As queimaduras existem em três graus diferentes:

As de primeiro grau atingem somente a epiderme e são mais superficiais. Nesse caso há vermelhidão, inchaço e ardência.

As de segundo grau atingem a epiderme e a derme, provocam vermelhidão da pele, com formação de bolhas, inchaço e dor. São mais comuns no verão do que as de terceiro grau, que atingem camadas profundas, como músculos e até ossos.


É imprescindível avaliação e acompanhamento médico, principalmente nas queimaduras de segundo e terceiro graus.
E elas podem acontecer mesmo sem exposição direta ao sol. Quando nos expomos ao mormaço, sem uso de guarda-sol adequado, ou ainda se ficarmos na água sem proteção, estamos sujeitos aos perigos do sol.

Outro fator que pode atrapalhar o verão é a insolação. Ela é perigosa e em alguns casos pode haver perda da consciência. Dor de cabeça, tonturas, náuseas, mal estar, vômitos, febre, desidratação e aumento da temperatura do corpo são indícios de você tomou sol além da conta.

Existem diversas maneiras de minimizar e tratar os efeitos causados pela má exposição ao sol. No caso de queimaduras, o indicado é resfriar a região afetada com aplicação de compressas de água limpa, soro fisiológico e saquinhos de chá de camomila gelados. Se continuar incomodando, recomenda-se procurar orientação médica. Usar roupas leves e que não estejam em atrito com a pele também ajuda a diminuir o desconforto. Se você adquiriu uma queimadura de segundo grau e está com bolhas, não as remova e procure logo um médico.

No caso de pessoas com insolação, o recomendado é ir para local ventilado e fresco e beber bastante água. Compressas frias e úmidas também devem ser aplicadas para diminuir a temperatura do corpo. Ainda assim procure ajuda médica.

Pele dourada e bronzeado bonito são sinônimos de verão bem aproveitado. Não queira ganhar um tom bronzeado em apenas um dia. Prefira bronzear-se aos poucos, todos os dias do verão, e principalmente com saúde.

Vale algumas dicas:

  • Não dispense as reaplicações do protetor solar.
  • Use óculos de sol, os olhos também precisam de proteção.
  • Chapéus e bonés ajudam a evitar o excesso de sol em algumas partes do corpo.
  • Beba bastante líquidos e evite a desidratação.
  • Evite horários críticos de sol.
  • Após a exposição ao sol hidrate bem a pele.

Curta o verão e aproveite o que ele tem de melhor a oferecer, sem colocar sua saúde em risco!

Fonte: www.vilamulher.terra.com.br (adaptado)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *