Vida social e a Reeducação Alimentar

Se você pensa que Reeducação Alimentar e uma vida social cheia de compromissos são duas coisas que não combinam, pode mudar de idéia. Ter uma alimentação saudável está longe de ser uma atividade chata. Planejamento é a palavra-chave para que tudo saia como você espera. È necessário e possível manter a linha e alcançar o peso ideal sem precisar abrir mão de ocasiões especiais ou datas festivas com os amigos e a família.

Então confira abaixo as dicas, pondo à prova qualquer desculpa de quem está protelando o início de um Projeto de Reeducação Alimentar.

Meu namorado me convida para jantar

Antes de iniciar seu jantar romântico, confira se é possível checar o cardápio no site do estabelecimento. Isso é uma ótima idéia, pois quando chegar ao local já saberá exatamente o que pedir, optando por uma alimentação saudável e equilibrada. E tem mais: se achar que o restaurante atende às suas necessidades, ainda há tempo de escolher outro antes mesmo de sair de casa.

Importante:

– Pare de comer quando estiver satisfeito. Não precisa limpar o prato só porque você pagou por ele. Isso poderá ter um custo emocional muito alto, como arrependimento, insegurança e impotência. Sem esquecer o custo calórico.

Meus amigos fazem um churrasco

Como regra geral, comece a refeição com um prato grande de saladas com folhas e legumes cozidos. Os legumes e hortaliças, além de serem ricos em vitaminas e minerais, são fontes de fibras. Proporcionam maior saciedade, fazendo com que haja um maior controle no consumo dos pratos quentes. Utilize temperos mais leves, com pouco azeite, vinagre, shoyo e sal. Evite acrescentar frios como queijos amarelos, salame, presunto, dentre outros embutidos no seu prato.

Importante:

– Prefira um suco natural ou água para beber.

Se não resistir a uma sobremesa, prefira as frutas, que têm poucas calorias e contribuem para a sensação de saciedade, além de ajudarem na digestão graças às fibras.

O pessoal do trabalho sempre sai para uma happy hour

A primeira alternativa é substituir uma refeição. Como, na maioria das vezes, a ida ao barzinho é à noite, após o expediente, substitua o jantar. Mas também é preciso controle para não extrapolar nas calorias. Se possível, procure se alimentar antes de sair para o barzinho, assim você sabota seu projeto e não consome calorias em excesso.

Importante:

– Evite a bebida alcoólica.

– Opte pelo suco natural, pela água ou pelo refrigerante diet, light ou zero.

– Os melhores petiscos são os assados e as carnes grelhadas.

E se mesmo assim você ainda exagerar não deixe que isso funcione como uma desculpa para o final de semana inteiro ser dedicado a excessos alimentares.

Há um aniversário de criança para ir

Nos aniversários, cheios de guloseimas deliciosas e calóricas, o cuidado também precisa ser grande (ou todo o esforço da semana vai a perder).

Importante :

Nada de levar o que sobrou da festa para casa.

Tendo esses alimentos à disposição, as chances de sair de sua dieta são maiores

Cuidados especiais para ocasiões especiais

1) Não vá para a festa de estômago vazio. A técnica de não comer nada durante todo o dia para depois aproveitar ao máximo não é nada saudável. Chegar à festa com um apetite enorme vai pôr tudo a perder, pois você vai querer provar o que encontrar pela frente. O melhor mesmo é fazer uma refeição light com alimentos leves antes de sair de casa, como um iogurte, uma fruta ou uma barrinha de cereais, assim você poderá desfrutar da festa sem excessos.

2) Tire o foco da comida e concentre-se nas pessoas. O objetivo de uma ocasião especial é reunir familiares e amigos. Aproveite para colocar a conversa em dia, contar as novidades, de preferência longe da mesa ou até de costas voltadas para ela, assim o risco de petiscar durante a noite toda diminui.

3) Escolha o que vai comer. Procure avaliar, antes de fazer o seu prato, todos os alimentos disponíveis. Haverá sempre opções mais saudáveis como saladas, sucos, lanches naturais, assados, grelhados, salada de frutas. Encha o prato com estes alimentos.

4) Coma devagar para saborear bem o alimento. O ato de se alimentar lentamente favorece a assimilação do alimento pelo organismo, gerando maior saciedade com menor consumo.

5) Faça com que esses eventos sejam exceções e não uma regra. Alguns deslizes de vez em quando são normais, o importante é não permitir que sejam freqüentes. Tenha controle da situação.

Não use um exagero como desculpa para permitir outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *