VINHO TINTO: Os benefícios à saúde desta bebida não se restringem ao efeito relaxante provocado pelo álcool.

O vinho tinto é um elemento chave na dieta mediterrânea, que se acredita aumenta a longevidade e diminui os índices de doenças do coração.

Seus nutrientes reduzem o colesterol e a pressão sanguínea, mantendo os músculos cardíacos sadios e prevenindo a formação de coágulos. Um deles é o resveratrol, que protege as células do organismo de alterações cancerígenas.

Esse resveratrol é uma substância com propriedades antioxidante, e antiinflamatória encontrada na casca e nas sementes de uvas vermelhas. Ele atua no conjunto de genes associados ao envelhecimento, retardando o processo em tecidos como o cerebral, o muscular e o cardíaco.

Está comprovado que uma taça de vinho diária pode diminuir a propensão ao mal de Alzheimer, prevenindo a formação de placas no cérebro.

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Barcelona e publicado no The American Journal of Clinical Nutrition, mostrou que quando os homens consumiam vinho tinto diariamente, eles demonstravam um maior nível de interleucina-10, uma substância capaz de diminuir a inflamação nas artérias. Isso, segundo os autores do estudo, sugere que o álcool sozinho é responsável por esse benefício.

Por outro lado, no período em que os homens beberem vinho tinto sem teor alcoólico, os exames de sangue revelaram que houve uma redução nos níveis de certas substâncias responsáveis por estimular a formação de placas nas paredes das artérias. Com isso, foi possível concluir que essa diminuição se deve aos polifenóis vindos das sementes e ou das cascas das uvas e não do álcool.

Com isso, os especialistas concluíram que tanto as uvas quanto o álcool, desde que consumido moderadamente, são bons para o coração o que, provavelmente, há uma forte vantagem em ingerir os dois juntos.

Contudo, bebendo mais que uma dose ao dia (para as mulheres) ou duas (para os homens), seus efeitos são reduzidos; e, em doses exageradas, os danos do álcool superam seus benefícios.

NUTRIENTES: Vitamina B1, B6, E, Manganês, Potássio, Flavonoides, Polifenóis.

Dra. Ana Claudia Machado Ferreira

Equipe Clinlife

CRM 49006

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *