Você bebe suco ou açúcar?

Você sabe a diferença entre suco, néctar e refresco? Acha que os sucos de caixinha são mais saudáveis que os refrigerantes?
A diferença entre esses produtos está na concentração da fruta e nos ingredientes de adição contidos em cada um deles. Desde 2009 a legislação obriga os fabricantes a destacar no rótulo o que é néctar, suco e refresco, mas nem sempre essas informações aparecem de forma clara para os consumidores.

Veja o que diz a legislação:
Refresco: Deve conter mínimo de 5% de suco de fruta. Possuem como aditivos: Corantes e conservadores.  Açúcar: qualquer quantidade.
Uma pesquisa publicada pelo IDEC (Instituto Brasileiro de Defesa do consumidor) em fevereiro de 2014 mostrou que nos refrescos em pó há 19 vezes mais açúcar do que fruta.
Néctar: Deve conter mínimo de 20% de suco de fruta. Possuem como aditivos: Corantes e conservadores.  Açúcar: Não há limite máximo.
A partir de janeiro desse ano, os néctares de laranja e uva deverão conter o mínimo de 40% de suco de fruta e a partir de 2016 passará para mínimo de 60%.
Suco: 100% suco de fruta. Não contem conservadores. Se for adoçado, deve vir escrito na embalagem “com adição de açúcar”, sendo o máximo de 10%.

Para garantir maior qualidade nutricional para você, seguem algumas dicas:
*Prefira sucos feitos da fruta in natura. Se possível, não coe para não perder as fibras.
*Evite o açúcar de adição. A maioria das frutas dispensa seu uso. Se necessário, opte entre mel ou xarope de agave – substitutos naturais do açúcar.
*Para os momentos que exigem maior praticidade, escolha os sucos integrais. Hoje no mercado encontramos com mais facilidade os de uva e laranja, mas as opções têm aumentado.
*Se optar pelos néctares, busque no rótulo aquele que tenha maior concentração de fruta e menor de açúcar.
*As águas saborizadas são ótimas opções para quem quer se hidratar e tem dificuldade para tomar água. Adicione a fruta de sua preferência e algumas folhas hortelã ou gotas de limão.

Mas se você deseja um baixo consumo de calorias sem perder nenhum nutriente o consumo da fruta em sua forma natural será sempre a melhor opção!

Karoline Martins

Nutricionista – Clinlife Brasília

CRN 5616

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *