Você parou de emagrecer? Será que seu intestino está funcionando corretamente?

Um intestino funcionando bem não quer dizer que “ir ao banheirotodos os dias é sinal de que ele está saudável. O primordial é a produção de fezes estarem saudável, mas para isso é necessário analisar o perfil da alimentação, atividade física, se fuma ou não, se  ingere bebida alcoólica, nível de estresse, ansiedade, depressão, ingestão de fibras, tamanho do intestino e principalmente ingestão de água.

 

O intestino, também conhecido como cólon, acumula muitos dejetos que prejudicam o funcionamento geral do corpo, causando inúmeros problemas se não tiver um bom funcionamento.  Precisamos conhecer as causas do acúmulo das toxinas para que não o impeça de eliminar e comprometer no resultado do emagrecimento.

Nosso intestino tem várias funções relevantes para o nosso corpo e que se o mesmo não funciona corretamente acarreta modificações ao longo de nosso corpo. As principais funções são modulação do sistema imunológico (melhorar a capacidade de defesa, mas sem que haja muita ativação do mesmo), atua na quebra e eliminação de agentes tóxicos e cancerígenos, previne contra o aparecimento de bactérias maléficas, atua no metabolismo de drogas, diminui a formação de colesterol e eliminação de hormônios.

O cólon é a parte do nosso corpo onde acontecem dois processos importantes: a absorção de vitaminas e nutrientes e a eliminação de resíduos. Este órgão é dividido em três partes: ascendente, transversal e descendente. Nas duas primeiras partes é onde acontece a absorção de nutrientes provenientes dos alimentos, enquanto na área descendente se encontram todos os resíduos que serão evacuados.

No entanto, quando nosso cólon se encontra cheio de toxinas, gorduras e substâncias prejudiciais, a absorção de vitaminas pode ser comprometida. Esta situação gera sintomas incômodos como inflamação, prisão de ventre ou dores locais, gases com isso é muito importante desintoxica-lo e  fazer uma limpeza constantemente.

Se a idéia é limpar o cólon ou intestino devido à prissão de ventre (constipação) ocasional ou leve, basta acrescentar fibras ou ervas para normalizar o trânsito. Mas, isso dificilmente removerá todos os antigos acúmulos pregados nas paredes intestinais. Quem não evacua por três dias seguidos acumula detritos de 15 refeições diferentes.

Limpar o intestino é algo mais do que benéfico para o corpo, já que eliminamos tudo o que é inútil e desnecessário de um produto ingerido há muito tempo. Uma boa lavagem do cólon e uma dieta adequada poderão limpar o intestino fornecendo uma sensação de serenidade interna, melhorando sono, a respiração, o odor corporal e também ter outros efeitos tônicos, tais como estímulo das glândulas abdominais ou hepáticas, especialmente do pâncreas. A limpeza intestinal ajuda a melhorar a absorção e assimilação dos alimentos.

A regularidade dessa limpeza deve ser conseqüência natural de a reeducação alimentar. Isto significa que não podemos comer de tudo e, depois, uma vez por semana limpar o intestino: não é assim que funciona.

O correto é manter um equilíbrio na alimentação para evitar sujá-lo e principalmente consumir alimentos com propriedades “limpadoras” para o cólon, sem ter de praticar das técnicas ofensivas para o órgão.

Fica a dica de usar de suco para limpar o cólon (abacaxi, pepino, maçã, laranja e aloe vera): Este suco conta com alguns ingredientes naturais depurativos que favorecerá em uma aparência mais desinflamada e um intestino bem mais saudável.

Para fazê-lo você precisará de:

Uma rodela de abacaxi natural;

Meio pepino (sem ser descascado);

Uma maçã pequena da cor da sua preferência;

Meia folha de aloe vera;

Suco de uma laranja.

Corte o abacaxi e o pepino, retire o coração da maçã e corte a metade de uma folha de aloe vera retirando só a polpa para acrescentar ao suco de limpeza do cólon.

Acrescente todos os ingredientes em um liquidificador ou processador de alimentos, adicione um copo de água e triture. Para finalizar acrescente o suco de uma laranja; esta mistura renderá para dois copos. Ai é só consumir e ficar com o intestino limpo.

Alcimara Macieira

Nutricionista – Clinlife

CRN: 4824

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *